Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Erros defensivos ditaram derrota matosinhense
O Estrelas Vasco da Gama FC da Divisão D’Elite, fizeram a diferença no aproveitamento dos erros defensivos e as faltas desnecessárias que limitaram de algum modo o Matosinhos Futsal C. em momentos importantes de jogo, e com isso levaram os gondomarenses à conquista da Taça Sénior da AF Porto 2017/18.

O Matosinhos sofre o primeiro golo numa desatenção defensiva onde Zezinho aparece sozinho a recarregar uma bola defendida por Bucho após canto marcado por Vítor Cardoso.
Os matosinhenses responderam bem ao golo sofrido de tal modo que Dumbo passou a ser o homem do jogo face às intervenções que foram impedindo o golo do Matosinhos Futsal.
Na terceira vez que o Vasco da Gama chega à área contrária faz o segundo golo do jogo desta vez por Mué a passe de Vítor Cardoso e onde mais uma vez um erro defensivo originou que Mué tivesse tempo para tudo.
Apesar do segundo golo sofrido que face ao que se passava no jogo era injusto o Matosinhos Futsal continuou a carregar e continua a ter em Dumbo um adversário intransponível, até que Vítor Cardoso volta a estar ligado a um golo ao perder a bola para DB e este desde a sua intermediária e a uns bons doze metros da baliza de Dumbo remata forte batendo pela primeira vez o guarda-redes gondomarense.
Estávamos a meio da primeira parte e depois de tanto tentarem e terem conseguido o golo, nem um minuto depois leva como um soco no estomago com Frias a roubar a bola a Cabanas e após troca de bola com Vítor Cardoso faz o terceiro para a sua equipa colocando a bola entre o poste e o guarda-redes matosinhense.
Com este terceiro golo o jogo passou por uma fase menos positiva, alguns passes falhados algumas perdas de bola até que Dumbo vai à frente entrega a bola a Luís Silva e este ao ver Mué liberto de marcação ao poste mais distante e faz um golo fácil.
Face ao erros defensivos matosinhenses parecia que com o quarto golo as coisas estavam bem encaminhadas quando faltam mais coisa menos coisa cinco minutos para o intervalo.
O jogo passou a ser mais repartido e as ocasiões de golos eram mais rara até que a pouco menos de dois minutos de jogo Braga numa recarga de uma defesa de Dumbo a um remate de Zé Augusto reduz a desvantagem e assim vamos para o intervalo.
Era um resultado algo enganador mas quem tinha na baliza um Dumbo endiabrado como esteve no domingo não se podia pedir muito mais aos matosinhenses, no entanto os golos do Vasco da Gama foram obtidos fruto a falhas de marcação e desatenção defensivas.
Para a segunda parte o Matosinhos veio com a mesma disposição de discutir o resultado enquanto o Vasco da Gama demorou a entrar em campo o que facilitou a recuperação dos Matosinhenses.
A desvantagem para um golo aconteceu após quatro minutos do reatamento da partida, remate de DB para a área onde apareceu Gustavo a dar o corpo à bola e deviar a mesma para o fundo da baliza. Apesar de estarem em vantagem de apenas um golo os gondomarenses não reagiam embora tivessem tido uma oportunidade de golo por Mué que Bucho travou e quase três minutos depois aconteceu o que era previsível o empate na partida num golo muito parecido com que Frias tinha marcado na primeira parte.
Este golo foi o clique para acordar os gondomarenses e passaram a ter mais bola e mais oportunidade com Bucho a evidenciar-se nesta fase fazendo defesas impossíveis.
O Matosinhos quando podia tentava chegar com perigo à baliza de Dumbo mas era cada vez mais escasso e o Vasco ia apertando cada vez mais.
Com mais ao menos três minutos por jogar dá-se o caso de jogo Mica na área do Vasco, é tocado no pé esquerdo por Dumbo que veio a deslizar, no entanto esse contacto não fez cair Mica que depois retira o pé faz a rotação e atira-se para o chão sem que houvesse acção do guarda-redes gondomarense, no local parecia que Gustavo Pereira se tinha equivocado, mas depois de se ver as imagens a decisão do árbitro em marcar livre indirecto contra o Matosinhos Futsal e ter considerado simulação de Mica foi uma decisão acertada.
Tanto a nível técnico como disciplinar o árbitro esteve bem, que não tem culpa de o atleta já ter sido admoestado anteriormente e ter visto neste lance o segundo amarelo colocando a sua equipa a jogar em inferioridade numérica.
Inferioridade, aproveitada pelo Vasco da Gama que marcou após duas oportunidade flagrante de golo que não foram concretizadas e em mais um erro defensivo onde os matosinhenses perdem a bola na sua área para Luís Silva e este oferece o golo a Vítor Cardoso que mereceu o mesmo por ter estado envolvido em quase todos os golos da sua equipa e não só.
Pouco depois terminava um grande jogo de futsal e que foi uma boa propaganda para a modalidade.
Fique com o resumo em vídeo do jogo e no outro vídeo as declarações dos treinadores.


FICHA DE JOGO:
JOGO: Matosinhos Futsal C. Vs Estrelas Vasco da Gama FC:
Prova: Taça Sénior AF Porto – Final

Data e Hora: 17/06/2018 pelas 17h00
Local: Pavilhão de Desportos de Vila do Conde
Árbitros: Gustavo Pereira; Bruno Martins e Sérgio Ferreira
Resultado ao Intervalo: 2-4
Resultado Final: 4-5
Marcha do marcador: 0-2; 1-2; 1-4; 4-4 e 4-5.
MATOSINHOS FUTSAL CLUBE:
[1]  Espanhol (gr); [2] Mica; [3] Miguel; [4] Fábio; [5] Guerra (c); [6] Braga; [7] Cabanas; [8] ; [9] Nelson; [10] Faísca [11] Gustavo; [12] Bucho (gr); [14] Jorginho e [15] GB.

Marcadores: (1-2) GB; (2-4) Braga; (3-4) Gustavo e (4-4) Gustavo.
Treinador: Migue Pereira
Treinador-Adjunto: Carlos Antunes
Delegados: Ricardo Meireles
Massagista: Artur Silva

ESTRELAS VASCO DA GAMA FC:
[33] Dumbo (gr); [6] Gonçalo Martins; [7] Pedro Frias; [8] Zezinho; [10] Vítor Cardoso; [11] Mué; [13] Dennis (c); [15] Nuno Soares; [17] Luís Silva; [18] Bruno Campos; [20] André Basto (gr); [22] Ricardinho; [77] Filipe Martins e [25] Volodymyr Saka.
Marcadores: (0-1) Zezinho; (0-2) Mué; (1-3) Pedro Frias; (1-4) Mué e (4-5) Vítor Cardoso.
Treinador: José António Magalhães

Treinador-Adjunto: José Carlos Silva
Delegados: Rolando Vieira 
Massagista: João Soares

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.