Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Eliminatória sob o desígnio caseiro
Os oitavos de final da Taça Sénior AF Porto ficou marcadamente pelas vitórias das equipas que jogavam na situação de visitada, apenas duas equipas e uma delas nos pontapés da marca da grande penalidade conseguiram fugir a esse desígnio e venceram os seus opositores fora das portas.

A eliminatória foi fértil em surpresas, a maior aconteceu em Labruge, com o Vila Futsal C. da 1ª Divisão Série 1 onde ocupa a segunda posição, a eliminar o segundo classificado da Divisão de Honra o Gondomar Futsal C..
Outra surpresa aconteceu em Vila Nova de Gaia no Municipal Professor Miranda Carvalho no único confronto entre equipas da Divisão D’Elite, com o GD Cem Paus que é décimo primeiro classificado no campeonato a eliminar o vice-líder ADR S. Pedro Fins que no campeonato só tem mais do dobro de pontos dos gaienses e há coisa de um mês havia derrotado os gaienses em Gaia, no entanto nesta competição o GD Cem Paus orientado por Eugénio Diogo e Miguel Cruz, na fase de grupos já tinham deixado para trás o actual líder destacadíssimo da Divisão D’Elite, o Boavista FC e com a eliminação de mais um candidato, fica com o título do mais sério candidato a vencer esta prova que já a conquistou por uma vez como aconteceu na primeira edição em 2013/14, no entanto voltará a ter de defrontar mais uma equipa da Divisão D’Elite o Estrelas FC Vasco da Gama, sendo estas as duas únicas equipas da Divisão D’Elite que se mantêm em prova.
Nos outros encontros, não fosse alguns resultados dilatados diríamos que o vencedor foi considerado o normal.
Resultados dilatados entre equipas da mesma divisão no caso a 1ª Divisão, aconteceu no GD S. Sebastião da Série 1 que recebe e goleou por 6-1 o Núcleo DC Valongo da Série 2, resultado que não era previsível já que ambas equipas nas suas séries estão a fazer campeonatos muito idênticos, os balienses são quartos com vinte e nove pontos e os valonguenses são quintos com vinte e sete pontos.
Ainda nesta divisão, o Mosteiro FC que ocupa a nona posição na Série 2 recebeu e goleou por 6-2 o GD Covelas que na Série 1 ocupa a décima posição, este é mais um resultado que não se contava com tal diferença tendo em conta que ocupam posições idênticas nas suas séries.
Passando para a 2ª Divisão no único confronto entre equipas desta divisão o Matosinhos Futsal Clube que ainda não tinham conseguido vencer o GD Nau Vitória e há coisa de quinze dias atrás os portuenses tinham vencido na Senhora da Hora por 0-1, foram desta feita goleados por 6-2.  E tendo em conta que o GD Nau Vitória é vice-líder, enquanto o Matosinhos Futsal é sétimo torna este resultado ainda mais imprevisível.
Nos confrontos entre equipas de divisões diferentes a passagem aos quartos-de-final ditou que fossem as equipas das divisões superiores e isso aconteceu em três jogos.
 Quem sentiu mais dificuldades foi o Núcleo DB Bom Pastor da Divisão de Honra, que na visita ao FC Aliviada da 1ª Divisão, teve de ir aos pontapés da marca da grande penalidade, depois de terem ido para o intervalo a vencer por 2-3, mas na segunda parte permitiu a reacção dos marcoenses e o empate a três era o resultado no fim dos cinquenta minutos. Nos pontapés foram mais certeiros e acabaram por seguir em frente.
O Estrelas Vasco da Gama da Divisão D’Elite recebeu FC Paços de Ferreira da Divisão de Honra e fez o que lhe competia ao ser o favorito para esta partida.
Por fim mas não o menos importante, deixamos a goleada desta eliminatória, com o Clube Slotcar da Trofa da 2ª Divisão a receber a forte e moralizada equipa do SC Arcozelo, líder destacadíssimo da Série 1 da 1ª Divisão, e o resultado final foi um desnivelado 1-7, com os gaienses a irem para o intervalo a vencer por 1-5, na segunda parte foi gerir o esforço e ampliar ainda mais a vantagem.
QUARTOS-DE-FINAL:
Nos quartos-de-final, o jogo grande é sem dúvida o confronto entre equipas da Divisão D’Elite, com o Estrelas Vasco da Gama FC a receber o GD Cem Paus, no único confronto que estas duas equipas realizam entre si, aconteceu em Gaia com os gaienses a vencerem por 4-3 os gondomarenses, agora veremos o que acontecerá em Jovim, Gondomar, pois não nos atrevemos considerar um favorito.

O segundo confronto entre equipas da mesma divisão no caso da 1ª Divisão é entre o Mosteiro FC da Série 2 e o SC Arcozelo da Série 1, e face ao que ambas as equipas têm feito nos seus campeonatos os gaienses são favoritos, mas isto da Taça é apenas um jogo.
Os outros dois encontros são entre equipas de divisões diferentes, o Núcleo DB Bom Pastor recebe o Vila Futsal C., equipa que chegará ao Pavilhão Irene Lisboa como outsider, por ter eliminado o Gondomar Futsal C. também da Divisão de Honra. Por ser de uma divisão superior e de estar a jogar em casa o favoritismo é dos portuenses, mas estes vila-condenses não são uma equipa que se poderá descorar e o Bom Pastor sentiu muitas dificuldades nesta eliminatória em Aliviada.
O quarto encontro é um dérbi matosinhense com o GD S. Sebastião a receber o Matosinhos Futsal Clube, e mesmo considerando que o GD S. Sebastião é de uma divisão superior, não nos atrevemos a considerar um favorito, porque um dérbi é sempre um dérbi e nesta competição a festa acontece muitas vezes.
VENCEDORES:
2013/14: GD Cem Paus

2014/15: AM Granja
2015/16: GD Viso
2016/17: C. Académico Sangemil
2017/18: ………

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.