Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Tudo para decidir na última jornada
Nesta quarta jornada nos seis grupos que ainda estão em prova nesta fase, nada ficou decidido e muito promete para a quinta e última jornada.

Para seis vagas ainda estão a concorrer dezassete equipas, sabendo-se que só passará uma de cada grupo, mas há equipas com mais probabilidades de passagem do que outras como ou seja aquelas que apenas dependem só de si, como é caso no Grupo II com JD Águas Santas e ADR S. Pedro Fins, no Grupo IV Mocidade Invicta FC e Núcleo D Bairro Bom Pastor, no Grupo V o Gramidense Infante FC, no Grupo XV o Matosinhos Futsal C e no Grupo XVI o Clube Slotcar da Trofa.

Grupo II (Elite) Os dois jogos desta jornada realizaram-se na freguesia de Leça da Palmeira em Matosinhos um jogo entre a Académica de Leça e Académico Sangemil no pavilhão do Complexo Desportivo da Bataria e o jogo entre a Cohaemato e Juventude Águas Santas no pavilhão do clube visitado.
Em ambos os jogos as equipas visitantes venceram os jogos, se na Bataria o jogo era para cumprir calendário, já que ambas as equipas estavam arredadas da discussão da liderança do grupo na Cohaemato qualquer equipas em caso de vitória poderia acalentar a liderança apesar da equipa da casa mesmo vencendo partia para a última jornada a depender de outros no caso do seu adversário de jogo que irá defrontar na última jornada o S. Pedro Fins que liderou o grupo até esta jornada.
No Académica diante Sangemil um golo dos visitantes em cada parte ditaram o resultado final e em consequência disso o Académico Sangemil deixa a última posição relegando a Académica de Leça para essa posição.
Na Cohaemato a Juventude alcançou a vitória nos instantes finais da partida após a expulsão de Xóias por responder a uma falta sofrida no meio campo. O intervalo chegou com um empate a uma bola com os visitados a inaugurar o marcador, na segunda parte o Juventude voltou a ficar na frente do marcador, no entanto a Cohaemato deu a volta ao marcador colocando-se pela primeira vez na frente do marcador. Os maiatos responderam e empataram e quando qualquer equipa podia marcar acontece a expulsão e a jogar com mais um colocaram-se novamente na frente do marcador. Os leceiros após o golo sofreidor passaram a jogar no 5x4 e que foi fatal pois uma bola perdida para Fabu este não perdoou e ampliou a vantagem num jogo que terminaria pouco depois.
Com este resultado a JD Águas Santas chega à liderança do grupo relegando o S. Pedro Fins para a segunda posição e retira qualquer veleidade à Cohaemato de poder vir a vencer o Grupo.
Na última jornada as atenções viram-se todas para o jogo entre maiatos com a JD Águas Santas a receber o ADR S. Pedro Fins e quem vencer seguirá em frente, mas neste jogo a vantagem é da Juventude pois basta-lhe o empate mas contra o S. Pedro Fins jogar para empatar não é fácil.
As contas finais serão assim:
JD Águas Santas passa: Se vencer ou empatar.

ADR S. Pedro Fins passa: Se vencer.
O Vencedor deste grupo vai visitar o GD Cem Paus (Elite) que foi o vencedor do Grupo I.

Grupo III (Elite) Se no grupo II a decisão de seguir em frente está em dois clubes, neste grupo estão três equipas que podem seguir em frente e Lousada que actualmente lidera o Grupo ficará na bancada a assistir os outros dois pretendentes ao seu lugar (Vasco da Gama e Retorta).

O Retorta venceu pela diferença mínima o já arredado Balantuna e voltou a ter a esperança pelo apuramento, no entanto na última jornada vencer em casa do Revela Desafios pode não bastar apesar de ficar em igualdade pontual e terem vantagem sobre o actual líder Lousada.
O Revela Desafios foi a Lousada perder com a Associação Desportiva local por 5-4. O Lousada esteve sempre em vantagem, inaugurando o marcador mas o Revela Desafios ainda empatou, mas os lousadenses foram para o intervalo a vencer por 2-1. No reatamento da partida alcançam o 4-1 e antes de fecharem a sua conta sofrem o 4-2.
A vencer por 5-2 esqueceram-se que estavam a jogar contra uma equipa aguerrida e que nunca viram a cara à luta, sofrem o 5-3 de livre direto da marca dos dez metros e com os penafidelenses a jogarem com o guarda-redes avançado, chegam ao 5-4 final a pouco mais de um minuto para terminar o jogo. Uma parte final que se contava de algum modo tranquila acabou por ser bastante complicada.
Na última jornada conforme já dissemos o Lousada descansa e tem a primeira posição em perigo e a única forma de segurar o lugar é que o Retorta não vença, porque se assim ficará pelo caminho.
Por seu turno o Retorta para além de vencer quer que o Vasco da Gama não o faça, porque em caso de vitória dos gondomarenses são estes que seguem em frente porque apesar de perderem com Lousada por 3-1, e o Retorta ter vencido o Lousada por 2-1, os vascaínos golearam a equipa valonguense por 5-1, dando vantagem a estes a vantagem na diferença de golos sofridos e marcados entre os três já que ambos entre si alcançam três pontos cada, será uma última jornada que ditará os seguintes confrontos: Balantuna FC Vs Estrelas Vasco da Gama FC e Revela Desafios AD Vs GDR Retorta.
As contas finais serão assim:
AD Lousada passa: Se GDR Retorta não vencer.

GDR Retorta passa: Se vencer e Estrelas Vasco da Gama FC não vencer.
Estrelas Vasco da Gama FC passa: Se vencer e GDR Retorta também vencer.
O vencedor deste grupo irá receber o FC Paços de Ferreira (Honra) que foi o vencedor do Grupo VI.

Grupo IV (Honra)Mais um grupo onde três equipas têm hipóteses de seguir em frente à entrada para a última jornada, embora uma delas hipotecasse a oportunidade de seguir em frente com um empate diante o último classificado do Grupo o Barranha SC.

Barranha SC apesar de nesta prova não estar ao nível do que tem vindo a fazer no Campeonato é uma equipa a ter sempre em conta e o empate caseiro a duas bolas diante o GCR Vermoim é prova disso.
Este empate ao Barranha não trouxe nada de novo ficará na última posição mas pelo menos pontuou já que é a equipa que folgará na última jornada, no entanto complicou e muito a vida ao GCR Vermoim que ainda tem uma luzinha ao fundo do túnel que lhe poderá dar a passagem à fase seguinte mas terá que golear por mais de seis ou mais golos o Cruzeiro Santana e esperar que Mocidade Invicta FC que entra para a última jornada na liderança e NDB Bom Pastor que está na segunda posição com menos um ponto, se anulem na última jornada, ou seja os jogo entre eles termine empatado.
Este empate ainda veio ajudar um terceiro clube, o Núcleo DB Bom Pastor que surpresas das surpresas, não pela vitória, mas sim pelos números, golearam em Leça do Balio a UD Cruzeiro Santana por nove golos sem reposta, num jogo que demoraram a marcar mas foram para o intervalo a vencer por quatro golos. Na segunda parte foram ainda mais demolidores, num jogo onde Diogo fez três golos, Torres e Titalo bisaram com Kallon e Batata a facturarem também.
Neste grupo as contas são mais fáceis de fazer, se no jogo entre o Mocidade e Bom Pastor houver um vencedor passará a equipa que conquistar os três pontos, se houver empate poderá ser favorável ao Mocidade Invicta desde que o Vermoim não vença ou se vencer que não seja por números que não dê para ultrapassar a vantagem na diferença de golos que neste momento são de cinco.
As contas finais serão assim:
Mocidade Invicta FC passa: Se vencer ou empatar e Vermoim não vencer por mais de cinco golos.

Núcleo DB Bom Pastor passa: Se vencer.
GCR Vermoim passa: Se vencer por mais de cinco golos e Mocidade Invicta e Bom Pastor empatarem entre si.
O Vencedor deste grupo visitará o FC Aliviada (1ª Divisão) que venceu o Grupo XIII.

Grupo V (Honra) – As contas neste grupo ainda estão muito complicadas com quatro equipas na luta pela passagem à fase seguinte e mais uma vez, uma equipa já sem pretensões de seguir em frente o Santa Isabel a travar um ainda candidato à passagem o Gondomar ao empatarem entre si a três golos.

Com este empate o Santa Isabel não deixou de ser último do Grupo e assim ficará porque folgará na última jornada, já o Gondomar poderia ter as contas mais facilitadas mas agora é a equipa que mais dependem de outros mesmo vencendo o seu jogo na última jornada com o Carvalheiras que perdeu a liderança após esta quarta jornada.
Gramidense que chegou à liderança após ter vencido com goleada o anterior líder Carvalheiras por 8-2.
Com esta vitória o Gramidense passou a ser a única equipa a depender dela própria para seguir em frente, pois basta a vitória na última jornada diante a Casa do Porto de Rio Tinto que folgou nesta jornada para ter o passaporte para a outra fase.
Já o Carvalheiras apesar da goleada ainda é a equipa que das que dependem das outras a que está em melhor situação pois se vencer o Gondomar tem de esperar que o Gramidense no máximo empate ou mesmo que empatando segue em frente se o Gramidense perder diante a Casa do Porto de Rio Tinto.
Parecem complicadas as contas mas fiquem com quem pode ou não seguir em frente.
As contas finais serão assim:
Gramidense Infante FC passa: Se vencer.

AD Carvalheiras passa: Se vencer e no máximo o Gramidense empate, ou se empatar e o Gramidense perder.
Casa FC Porto Rio Tinto passa: Se vencer e Carvalheiras perder.
Gondomar Futsal C. passa: Se vencer e no jogo Gramidense Vs Port Rio Tinto empatarem.
O Vencedor deste grupo visita o Vila FC (1ª Divisão) vencedor do Grupo VIII.

Grupo XV (2ª Divisão) – Duas equipas ainda com possibilidades de seguir em frente, numa jornada onde o FC Perafita praticamente hipotecou as hipóteses de seguir em frente já que folgará na última jornada e dependerá do que Matosinhos irá fazer na última jornada.

Começamos pelo jogo entre duas equipas sem aspirações na prova e que chegaram a esta jornada sem qualquer ponto, onde o ARDCM demonstrou as melhorias que tem realizado no campeonato tendo subido de produção sendo inclusive já líder, ao vencer em casa do Santana de Gueifães em casa destes por 0-3.
O resultado deste confronto ditou as posições definitivas dos dois últimos lugares.
No outro encontro entre Perafita e o Matosinhos Futsal, aconteceu o que o Amanhã da Criança desejou em parte, que foi a vitória dos matosinhenses diante os perafitenses, mas não pelos números que aconteceram.
Num jogo equilibrado até meio da segunda parte onde Perafita se colocou por duas vezes em vantagem e por duas vezes o Matosinhos alcançou o empate, e depois Matosinhos disparou e foi letal nas oportunidades que criou aproveitando o que havia para aproveitar e foi para o intervalo a vencer por 2-6. A segunda parte foi gerir a vantagem com o resultado final a ser 5-8.
Para os maiatos do Amanhã da Criança foi uma notícia agridoce pois uma vitória do Matosinhos era desejável mas não por mais de um golo e no máximo por 3-2 ou melhor seria por 1-2 ou 0-1, assim e caso vença o ARDACM e que o Matosinhos não vença de nada serve pois perderá no confronto direto com o FC Perafita e mesmo que Matosinhos vença o máximo que conseguirá é ser segundo pois no mini campeonato a três perde para Matosinhos na melhor diferença de golos marcados e sofridos.
Quanto ao Matosinhos Futsal, passou de uma posição quase sem aspirações para aquela que depende apenas de si próprio para seguir em frente, pois uma vitória caseira diante o Santana será o vencedor do grupo e seguirá em frente.
As contas finais serão assim:
Matosinhos Futsal C. passa: Se vencer.

Perafita FC passa: Se Matosinhos não vencer.
O Vencedor deste Grupo recebe o GD Nau Vitória, vencedor do Grupo XIV.

Grupo XVI (2ª Divisão) – Três equipa mantêm-se na corrida à passagem da outra fase, na jornada que o líder Slotcar folgou e que S. Romão e Meinedo aproveitaram para se afirmarem e manterem a candidatura.

Duas vitórias robustas fora de portas pela mesma diferença de quatro golos, o JD Meinedo diante os vizinhos GACER por 3-7 e FC S. Romão em Santo Tirso diante o FC Tirsense por 0-4.
Apesar de três equipas ainda terem hipóteses de seguir em frente será no jogo entre o Meinedo e Slotcar que tudo se irá decidir pois são ambas as equipa que apenas dependem delas para seguir em frente, ao Clube Slotcar da Trofa basta-lhe pontuar, ao Meinedo só a vitória interessa mas para depender apenas de si e não esperar o que o FC S. Romão vai fazer diante o GACER, terá de golear por seis golos de diferença, já que o jogo entre o Slotcar e S. Romão foi de 3-2 e o jogo entre S. Romão e Meinedo foi de 5-2, ou seja neste momento o S. Romão tem uma diferença de dois golos positivos e Slotar um golo e Meinedo menos três.
Ao S. Romão para acreditar terá de vencer na receção ao GACER e esperar um resultado favorável em Meinedo que nunca poderá ser a vitória do Slotcar.
As contas finais serão assim:
Clube Slotcar da Trofa passa: Se pontuar.

FC S. Romão passa: Se vencer e Slotar perder por menos de cinco golos.
JDA/AD Futsal Meinedo: Se vencer e S. Romão não vencer ou se vencer e golear por seis golos de diferença.
O Vencedor deste Grupo recebe o SC Arcozelo (1ª Divisão), vencedor do Grupo VII.

RESULTADOS DA 4ª JORNADA:

A próxima jornada a quinta e última da fase de Grupos será jogada a dez de Fevereiro de 2018.

Os oitavos de final já têm dois jogos definidos:

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.