Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

ADCR Caxinas tem mais atletas masculinos e EDC Gondomar Femininos, mas Póvoa Futsal Clube é quem tem mais atletas
ATLETAS MASCULINOS – Os vila-condenses do ADCR Caxinas é o clube com mais atletas masculinos seguindo-se os matosinhenses da Associação Académica de Leça e a fechar o pódio temos os gaienses da ADC Santa Isabel.

São onze os clubes que chegam à centena de atletas inscritos nos masculinos, em Gondomar residem quatro clubes, Gondomar Futsal Clube, FC Unidos Pinheirense, Casa do FC Porto de Rio Tinto e JD Gondomar, em Matosinhos existem tem clubes que chegam a essa cifra, A. Académica de Leça, Alfa Académico Clube e Matosinhos Futsal Clube, os restantes quatro clubes pertencem a outros tantos concelhos, a ADCR Caxinas de Vila do Conde, de Vila Nova de Gaia temos o ADC Santa Isabel, da Póvoa de Varzim o Póvoa Futsal Clube e do Porto o Boavista FC.
O total de atletas inscritos na AF Porto e Federação Portuguesa de Futebol são 5049 atletas que estão distribuídos pelos seguintes escalões, Seniores (1439); Sub-20 (217); Júnior “A” (580), Júnior “B” (698), Júnior “C” (615); Júnior “D” (577); Júnior “E” (524), Júnior “F” (287) e Júnior “G” (112).
Sendo que os seniores onde contabilizamos atletas com idade superior a vinte anos, estão distribuídos por oitenta e oito clubes, os Sub-20 por cinquenta e sete clubes, os Juniores “A” também por cinquenta e sete clubes, os Juniores “B” por sessenta e quatro clubes, os Juniores “C” por cinquenta e nove clubes, os juniores “D” por cinquenta e seis clubes, os Juniores “E” por quarenta e nove clubes, os Juniores “F” por trinta e oito clubes e os juniores “G” por quinze clubes, uma coisa é certa, estes números podem não bater certo com os números de equipas que competem nos campeonatos distritais da formação mas existe uma boa razão, é que clubes que têm jovens jogadores a jogar num escalão superior por não terem um escalão para a sua idade.

ATLETAS FEMININAS – As gondomarenses da Escola DC Gondomar são o clube com mais atletas femininas inscritas, seguindo muito de perto as gaienses da AD Modicus Sandim e logo atrás e a finalizar as também gondomarenses da Juventus Triana FC.
Das trinta e seis equipas que têm atletas femininas mesmo que não tenham equipas femininas, mas jogam nos escalões mistos de Júnior “G” a Júnior “C”, selecionamos as primeiras doze com mais atletas inscritas. Destas doze, três são da Maia, AR Restauradores do Brás Oleiro, CDC Santana e C. Académico de Pedras Rubras, duas de Gondomar, Escola DC Gondomar e Juventus Triana e as restantes sete estão distribuídas por outros tantos concelhos, de Vila Nova de Gaia a AD Modicus Sandim, da Póvoa de Varzim o Póvoa Futsal C., de Penafiel o FC Águias de Santa Marta, de Matosinhos o Barranha SC, de Santo Tirso o FC Tirsense, de Paços de Ferreira o GDCR Escolas de Arreigada e de Valongo o FC Estrelas Susanenses.
O Total de atletas inscritos no feminino na AF Porto e Federação Portuguesa de Futebol são ao todo 478 atletas, e estão distribuídas pelos seguintes escalões, seniores (296), Juniores “A” (56); Juniores “B” (57); Juniores “C” (35); Juniores “D” (17); Juniores “E” (11); Juniores “F” (4) 2 Juniores “G” (2).

TOTAL – Se ADCR Caxinas é o clube com mais atletas masculinos e Escola DC Gondomar o clube com mais atletas femininos, nenhum dos dois é aquele que tem mais atletas no seu conjunto, pois esse recorde pertence ao único clube do Concelho da Póvoa de Varzim, o Póvoa Futsal Clube com cento e trinta e nove atletas, na segunda posição vem então o ADCR Caxinas com menos nove atletas e a fechar o Pódio temos a AD Modicus Sandim com cento e vinte e dois atletas.
Segundo dados da Federação Portuguesa de Futebol estavam inscritos na Associação de Futebol do Porto um total de cinco mil e quinhentos e vinte e sete atletas eestão distribuídos por cento e dezoito clubes e um total de quatrocentos e onze equipas, sendo que trezentos e oitenta e oito disputam os Campeonatos Distritais e as restantes vinte e três em Campeonatos Nacionais.
Brevemente daremos conta de um estudo sobre os clubes portuenses com mais equipas.