Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Ordem bate Granja (5-4) e afasta crise
Nesta sexta-feira, Ordem e Moradores da Granja, dois emblemas que na época transacta competiram na 2ª Divisão Nacional, voltaram a encontrar-se e os locais levaram a melhor, ao bater os maiatos por 5-4.

Este foi um duelo de reencontros, uma vez que Sérgio Carvalho, técnico dos visitantes, orientou o conjunto lousadense na temporada anterior.
Sobre o jogo, a Ordem teve uma entrada de sonho. Logo aos dois minutos, André lançou Ricardo Rocha em corrida pela esquerda e este, vai assistir Manu para o 1-0.
De regresso aos eleitos após castigo, Edgar foi uma peça importante na manobra ofensiva da turma da casa.
Aos dezasseis minutos, numa jogada de contragolpe, Tocha deu nas vistas com um tiro que ainda embateu no poste esquerdo. Mais tarde, após assistência de Manu, Miguel Tomás vai rematar em rotação e a bola não passa muito longe.
Seria um aviso para o que iria acontecer pouco depois, onde o universal aproveitou um canto para fazer o 2-0, com um remate de fora da área. No minuto seguinte, Igor facilitou em zona proibída e Miguel Tomás bisou na partida, oferecendo uma vantagem bem sólida ao Desportivo da Ordem, praticamente em cima do intervalo.
Para a segunda parte, apesar do esforço, vai haver uma inversão dos papeis. O Moradores da Granja quis mudar o rumo do jogo e aos vinte e um minutos, Tocha abriu caminho para Igor reduzir a diferença no marcador, num bom gesto técnico.
Os alarmes soaram quando aos vinte e oito minutos, Káká rematou na direita e Pinto, antecipando-se a Huguinho, desvia para o 3-2.
Motivados pela recuperação encetada, os forasteiros vão mesmo chegar ao empate por intermédio de Káká que aproveitou a desatenção da defensiva para finalizar na cara de Carlos Rocha. Contra todas as expectativas, o Moradores da Granja faz a remontada à passagem dos trinta e quatro minutos.
Nuno Silva ganhou na direita e serviu Igor para o 3-4, era o bis do ala no encontro. Temia-se mais uma derrota para o conjunto agora liderado por Jorge Teixeira, mas em cinco minutos, a Ordem deu a volta ao texto. Aos trinta e seis minutos, após um canto de Miguel Tomás na esquerda, Hugo Silva restabelece a igualdade com um remate bem colocado. Depois, numa grande iniciativa individual Miguel Tomás faz o passe de morte para Huguinho levar a plateia ao rubro, com o 5-4.
Nos instantes finais, a turma visitante usou o sistema de 5 para 4 com guarda-redes avançado para tentar, pelo menos, levar um ponto para casa. No entanto, o resultado não se alterou.
Com este triunfo, o Desportivo da Ordem sobe, à condição, ao oitavo posto que dá acesso ao play-off de subida.
No próximo sábado, deslocação complicada ao Porto para defrontar o Fonte da Moura.
FICHA DE JOGO:
Jogo: CCD Ordem Vs AM Granja: 5-4
Local: Pavilhão CCD Ordem, em Lousada. 110 espetadores.
Ao intervalo: 3-0. 

Marcha do marcador:
1-0: Manu (2´);
2-0: Miguel Tomás (18’);
3-0: Miguel Tomás (19’);
3-1: Igor (29’);
3-2: Pinto (32’);
3-3: Káká (32’);
3-4: Igor (34’);
4-4: Hugo Silva (36’);
5-4: Huguinho (38’);

CCD ORDEM:
Cinco Inicial: Carlos Rocha, Manu, Ricardo Rocha, André Martins e Edgar Santos.
Substitutos: Ricardo Careca, Huguinho, Miguel Tomás, Panado, Hugo Silva e Romeu. 
Treinador: Jorge Teixeira.

AM GRANJA:
Cinco Inicial: Chumbinho, Tocha, Káká, Pinto e Dani.
Substitutos: Xavier, Daniel, Igor, Nuno e Dani. 
Treinador: Sérgio Carvalho.