Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Póvoa Futsal é líder isolado
O Póvoa Futsal é o primeiro líder isolado da Divisão de Elite 2018/19, depois de vencer, em casa, o S. Pedro de Fins e beneficiar do empate ‘caseiro’ do Gramidense Infante contra o Águas Santas.

Desfez-se o duo de líderes de Divisão de Elite da A.F. Porto. À entrada para a jornada quatro, Póvoa Futsal e Gramidense Infante lideravam, mas enquanto a equipa poveira recebeu e venceu o S. Pedro de Fins (6-2), a formação de Gondomar não foi além de um empate na receção ao Águas Santas (4-4). Na Póvoa de Varzim, primeira parte demolidora dos comandados de André Crud que ao intervalo já venciam por 5-0. Miguel Brando, numa jogada individual pela ala esquerda, inaugurou o marcador. Dani fez o segundo – após recuperação de bola próxima da baliza do S. Pedro de Fins –, com uma finalização ao segundo poste. O terceiro nasceu de uma saída de pressão da equipa poveira. Reposição do guarda-redes (Tasaka), duas paralelas com finalização, Kevin, guarda-redes dos visitantes, ainda defende à primeira, mas a bola sobra para Fuka encostar para a baliza deserta. O 4-0 foi apontado por Paulinho, após rápida transição ofensiva.  Diogo, com nova conclusão ao segundo poste, ampliou a vantagem para os 5-0. Na segunda parte, o S. Pedro de Fins esboçou uma reação e chegou mesmo a reduzir para 5-2, com golos de Milson (finalização ao segundo poste) e César (livre de 10 metros). Contudo, também da marca dos 10 metros, Santas estabeleceu o resultado final. Vitória justa.
Em Gondomar, o Gramidense empatou frente a um desfalcado Águas Santas (apenas seis jogadores disponíveis) por 4-4. Ao intervalo, o marcador registava uma igualdade a uma bola. Na segunda parte, a partida manteve-se equilibrada até ao 2-2, altura em que os da casa ‘dispararam’ no marcador para 4-2 (a três minutos dos 40). O Águas Santas apostou de imediato no guarda-redes avançado e com êxito, chegando à igualdade final. Diogo Dias (bisou) Suker e Guga marcaram para os da casa. Dani, Diogo (bisou) e Fabu marcaram para o Águas Santas.
O último lugar do pódio é agora ocupado por três equipas, Juventude de Gaia, Cohaemato e Sangemil. Em Gaia, a Juventude venceu o Balantuna – agora o ‘lanterna-vermelha’ da prova –, por 6-3. Numa primeira parte equilibrada, os gaienses foram para o descanso em vantagem (1-0). Na segunda parte, o Juv. Gaia entra melhor e chega ao 2-0. O Balantuna reagiu e conseguiu a reviravolta no marcador para 2-3, o último dos golos num livre de 10 metros (com cinco minutos para jogar), numa altura em que as duas equipas estavam já com cinco faltas. O Juv. Gaia arriscou no 5x4 e empatou, chegando depois ao 5-3, num livre de 10 metros e um penálti, respetivamente. Já perto do final do encontro os gaienses fazem o 6-3 final. Pelo Balantuna marcaram Sandro Lopes, Miguel Amaral e Diogo.
A Cohaemato venceu no terreno da Ordem por 6-3. Já o Sangemil (CAS) conseguiu uma vitória caseira – sofrida, mas merecida –, frente ao Académica de Leça (3-0). Ao intervalo, o marcador registava um nulo. No entanto, após o 1-0 (autoria de Bruno) os leceiros podiam ter empatado de imediato. Não conseguiram e de seguida ficaram reduzidos a quatro elementos. Com mais um, o CAS fez o 2-0, novamente por Bruno. Perto do final, Bruno completou o hat-trick e estabeleceu o 3-0 final.
Nas restantes partidas, destaque para a primeira vitória do Fonte Moura (4-3 na deslocação a Paços de Ferreira) e para a goleada do Vermoim na receção ao Granja (10-3).

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.