Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Pedro Sousa conta com mais quatro soluções
O GDR Retorta que tem vindo em crescendo na Divisão D’Elite chegando mesmo esta semana ao pódio, passando a ocupar a terceira posição ao fim da primeira volta, reforçou-se nesta janela de abertura de mercado.

São quatro atletas que vêm colmatar ausências que se verificaram no decorrer da época, como a de Ricardo que não conseguiu dar seguimento à carreira desportiva por motivos familiares e de Filipe Barbosa que tinha vindo o CSRDC Santiago que sofreu uma grave lesão como é a rotura total do tendão de Aquiles, encontrando-se neste momento em recuperação após cirurgia.
Quanto à entrada do guarda-redes vêm preencher uma vaga que estava em aberto desde o início da época já que o plantel tinha apenas dois guarda-redes.
Damos a conhecer os reforços para o plantel sénior dos valonguenses:
António Rocha – Guarda-redes:
Apenas ingressou no futsal federado aos vinte e quatro anos, e desde aí já vão quinze épocas, iniciou-se em 2002/03 nos, Os Galitos de S. Pedro onde ficou três épocas, depois segui-se o Gramidense Infante FC e ARCS Silveirinhos uma época em cada um, em 2007/18 começou um período de duas épocas na AD S. Pedro da Cova, e antes de ingressar no Balantuna FC em 2012/13 até aos dias de hoje jogou três épocas na Casa do Povo da Sobreira.

Nos gondomarenses do Balantuna FC o veterano guarda-redes acompanhou as diversas subidas de divisões do cluve desde a 2ª Divisão Distrital à actual Divisão D’Elite, sendo agora seu adversário nesta segunda volta.


Luís Cruz – Fixo/Ala
Iniciou-se na modalidade em 2004/05 no Grupo Musical de Miragaia onde só fez uma época e não deu continuidade mas a partir de 2006/07 ingressou no Infante D. Henrique e nunca mais parou, na época seguinte já como iniciados joga no Miramar Futsal C. e na época seguinte continua no Miramar V. Valadares, só que nessa época transfere-se para os Iniciados da AR Briosos Valboenses onde conquista o seu primeiro título ao vencer o campeonato da 2ª Divisão Distrital do escalão, clube que fica ligado por mais duas épocas. Em 2011/12 transfere-se para o ASS O Amanha da Criança onde fica um pouco mais de uma época terminando a sua formação na AM Granja.

Regressa ao ASS Amanhã da Criança para a sua primeira época de sénior mas faz um interregno na época 2015/16 reaparecendo na época seguinte no CD Arrifanense que conjuntamente com Olhinhos vencem a Taça da AF Aveiro. Esta época iniciou no clube aveirense e agora vai ser reforço dos valonguenses.

André “Olhinhos” – Ala:
André Gonçalves mais conhecido por Olhinhos, fez grande parte da sua formação no Grupo Musical de Miragaia, clube que representou durante cinco épocas de Escolinha a Iniciados. Após cinco anos num clube, e uma de pausa como primeiro ano de juvenil regressa no segundo ano e conhece dois clubes numa só época, inicia no GD Lindouro e termina a época na AR Briosos Valboenses, os seus dois últimos anos na formação são feitos no GD Farlab.

Como sénior começa na época 2010/11 e na III Divisão Nacional Série B, na A. Académica de Leça onde faz duas épocas conseguindo nas duas épocas a manutenção. Na época 2012/13 muda-se para a Maia para o Clube Académico Sangemil, também da 3ª Divisão Nacional onde na primeira época ficam na terceira posição atrás do Pinheirense e do Arsenal e na época seguinte, o último ano da III Divisão Nacional conseguem a subida à II Divisão Nacional.
Em 2014/15 chega ao seu primeiro título colectivo após ter jogado pela primeira vez nos distritais mas num clube com história como é a AR Freixieiro ao conquistarem o primeiro campeonato da Divisão D’Elite da AF Porto e regressa com o clube perafitense aos nacionais.
Depois do Freixieiro muda-se na época 2016/17 para os aveirenses do CD Arrifanense para a 1ª Divisão Distrital onde vence a Taça da AF Aveiro. Com a terceira posição na época passada manteve-se no clube arrifanense mas esta época, após treze jornadas o clube já está longe da primeira posição e Olhinhos regressa a uma Divisão que já foi feliz e que lhe deu o seu grande e único título.

Rúben Gomes – Ala:
Ainda com vinte e um anos fez quase toda a formação no futebol 11 ingressando apenas no futsal em 2014/15 no seu segundo ano de Júnior no GDR Retorta, na época seguinte é Sub-20 e em 2016/17 inicia no plantel sénior do clube que o viu nascer para o futsal na Dvisão D’Elite, mas termina a época no Núcleo CR Valongo na 1ª Divisão Série 2. Esta época iniciou no Núcleo e agora regressa novamente à Divisão D’Elite.

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.