ADCR Caxinas consegue o hexa-campeonato
E vão seis campeonatos consecutivos no escalão de iniciados e nas últimas dez épocas o clube somou nove títulos, apenas interrompido na época 2012/13 pelo GDC Cohaemato.

Os números deste hexacampeonato são algo susceptíveis de um estudo já que conseguiram subir a percentagem de vitórias, diminuindo a percentagem de empates mas no entanto subiu ligeiramente em relação às derrotas que foi apenas de uma. Também esta época, conseguiram aumentar a percentagem de golos marcados por jogo, assim como diminuíram a percentagem de golos sofridos por jogo, e por consequência aumentaram a diferença entre os golos marcados e sofridos, que em média passou a ser superior a cinco golos por jogo. Para finalizar estes números aumentaram em uma décima os pontos conquistados por jogo que são de 2,79 pontos.
Nestes seis campeonatos conquistaram 146 vitórias em 159 possíveis, sofreram cinco empates e foram derrotados por oito vezes, faltaram apenas oito golos para atingirem a marca dos mil e sofreram um pouquinho mais do que um golo por jogo, recolhendo a bola dentro da sua baliza por 160.
Sobre o jogo entre as duas equipas que representarão a AF Porto na Taça Nacional do Escalão e que ditou a vitória no campeonato do ADCR Caxinas pela sexta vez consecutiva e a nona em dez épocas, só conseguimos estar presente no início do jogo porque uma hora depois iria iniciar o segundo jogo da fase final do Campeonato Distrital Júnior “A” Elite em Paços de Ferreira, mas temos a ficha de jogo assim como as declarações dos dois treinadores, Nuno Póvoa do Matosinhos Futsal Clube e Nuno Guimarães do ADCR Caxinas.
FICHA DE JOGO:
JOGO: Matosinhos Futsal Clube Vs ADCR Caxinas e Poça da Barca:

Jornada: 2º Jogo da Terceira Fase de Campeão
Local: Pavilhão Municipal de Guifões – Matosinhos
Data e Hora: 02/03/2019 pelas 15h00
Resultado ao intervalo: 2-2
Resultado final: 3-5
Marcha do marcador: 2-0; 2-2; 3-2 e 3-5.
Árbitros: Nelson Marques; Hugo Paiva e Vanessa Gonçalves (Cronometrista)

MATOSINHOS FUTSAL CLUBE:
EQUIPA: [1] João Pinto (c); [12] Diogo Gomes; [2] Tiago Gomes; [3] Cristiano Novais; [4] João Seabra (sc); [5] André Veloso; [6] Miguel Gomes; [8] Lourenço Mendes; [9] Diogo Rachão; [10] João Vinagre; [11] Tiago Medeiros e [13] Luís Silva.

TREINADOR: Nuno Póvoa
DELEGADOS: Susana Moura e Hélder Vieira.
Declarações de Nuno Póvoa (Matosinhos Futsal Clube):
Terminado o Campeonato da Divisão de Elite Juniores C, queremos dar os Parabéns ao Caxinas pela conquista alcançada. 

Sobre o segundo jogo desta final, foi intenso e emotivo, sem dúvida um excelente jogo de futsal.
Na primeira parte entrámos com uma excelente dinâmica, alcançando dois golos de vantagem. Num jogo equilibrado, um penalti por um ressalto que leva a bola ao braço aceita-se, mas expulsar um atleta num lance que não vai dar golo, colocar em causa a sua presença numa final, não faz sentido. Sentimos este momento e acabamos por sofrer o empate antes do intervalo. 
Na segunda parte, a exemplo da primeira, voltámos a entrar bem, fizemos o 3-2 e mantivemos o jogo equilibrado. Contudo, com mais duas lesões, e dada a qualidade do adversário, a segunda metade da segunda parte foi de sacrifício dos nossos rapazes. Acabámos por sofrer o empate e já nos últimos cinco minutos a reviravolta no marcador. 
Não foi possível vencer, mas apenas uma equipa humilde, coesa, disciplinada e com grande paixão pelo futsal, pode chegar a este nível, e dar o que estes rapazes deram. Vocês enchem-nos de Orgulho. Que venha a Taça Nacional.

ADCR CAXINAS E POÇA DA BARCA
EQUIPA: [22] Diogo Silva; [4] Gonçalo Costa; [8] Diogo Rosa (c); [10] Tomás Pereira; [11] Tiago Silva; [16] Nuno Carvalho; [24] Miguel Ramos; [25] Manuel Campos; [69] Lúcio Jr (sc); [70] João Silva; [77] Francisco Carvalho e [99]João Almeida].

TREINADOR: Nuno Guimarães
TREINADOR ADJUNTO: Raúl Moreira
DELEGADO: André Cruz
Declarações de Nuno Guimarães (ADCR Caxinas e Poça da Barca):
Em primeiro lugar gostaria de dar os Parabéns ao Matosinhos e especialmente ao seu Treinador Nuno Póvoa pela excelente época que estão fazer e desejar as maiores felicidades para a Taça Nacional.

Desde o nosso primeiro jogo oficial esta época que foi precisamente diante desta equipa que disse à minha equipa técnica que esta era provavelmente a equipa que maiores dificuldades nos iriam criar ao longo da época.
Quanto aos dois jogos da final julgo que fomos juntos vencedores de ambos e que provamos que somos a melhor equipa. O primeiro jogo (5-1 em nossa casa) foi um jogo muito bem conseguido da nossa parte e foi praticamente todo dominado por nós, tendo o Matosinhos chegado muito poucas vezes à nossa baliza. Sabíamos que o segundo jogo ia ter outra história completamente diferente e que era literalmente o jogo de uma vida para o Matosinhos. Foi um jogo onde não tivemos muito bem, cometemos erros para os quais nós tínhamos preparado e sabíamos que não podíamos cometer.
O Matosinhos foi muito melhor que nós nos primeiros dez minutos e só a partir daí nos conseguimos encontrar. Fomos crescendo e num jogo onde tivemos grande parte do encontro em desvantagem só nos últimos minutos conseguimos dar a volta e passar para a frente do marcador.
Como disse, acho que a vitória nos dois jogos e consequente título assenta bem aquela que foi a melhor equipa ao longo de toda a prova! Realizamos ao longo de todo o campeonato distrital dezoito jogos, tendo vencido dezassete e perdido apenas por uma vez. Fomos o melhor ataque com cento e quarenta e dois marcados e a melhor defesa com apenas treze golos sofridos.
No entanto realçar mais uma vez a performance do Matosinhos que muito contribuiu para dois bons e emotivos jogos (o segundo claramente mais equilibrado que o primeiro).
Acho que o mais importante é mesmo destacar o feito conseguido por este grupo e por este clube. São seis campeonatos seguidos e julgo que nas próximas décadas não será fácil alguém bater este registo. E naturalmente enquanto formos detentores deste troféu, vamos lutar por acrescentar mais títulos e alargar ainda mais este recorde.
São seis títulos fruto de um trabalho extremamente rigoroso e competente de muita gente! De muitos treinadores, de muitos dirigentes e de muitos atletas.
No que a este título diz respeito só posso agradecer ao clube a oportunidade que me tem vindo a dar de crescer a cada dia como treinador, aos seus dirigentes, à minha equipa técnica e principalmente aos meus atletas.
Vamos agora continuar a trabalhar para alcançar objetivos ainda maiores.
O objetivo imediato passa por voltar a marcar presença na final four da Taça Nacional e superar o registo do ano passado! Queremos muito fazer melhor e vamos trabalhar para isso. 60 a 70% deste plantel já teve o ano passado em Santarém por isso julgo que a experiência das vivências do ano anterior nos fará chegar ainda mais bem preparados a esse desafio. Queria por último agradecer ao futsal-porto-distrital a visibilidade que dá à nossa modalidade e desejar a todos, resto de uma boa época.

NÚMEROS DO HEXA:
Jogos Realizados: 159

Vitórias: 146 (91,82%)
Empates: 5 (3,14%)
Derrotas: 8 (5,03%)
Golos Marcados: 992 (6,23 por jogo)
Golos Sofridos: 160 (1,006 por jogo)
Diferença entre marcados e sofridos: 832 (5,23 por jogo)
Pontos: 443 (2,79 pontos por jogo)

Galeria dos campeões:
1997/98: AR Freixieiro

1998/99: AR Freixieiro
1999/00: Miramar Futsal C.
2000/01: Boavista FC
2001/02: CCSS Guifões
2002/03: Leões Valboenses FC
2003/04: G. Musical Miragaia
2004/05: Santa Cruz FC
2005/06: AR Freixieiro
2006/07: Boavista FC
2007/08: Boavista FC
2008/09: Boavista FC
2009/10: ADCR Caxinas
2010/11: ADCR Caxinas
2011/12: ADCR Caxinas
2012/13: GDC Cohaemato
2013/14: ADCR Caxinas
2014/15: ADCR Caxinas
2015/16: ADCR Caxinas
2016/17: ADCR Caxinas
2017/18: ADCR Caxinas
2018/19: ADCR Caxinas

RANKING:
Adcr Caxinas: 9

Boavista FC: 4
AR Freixieiro: 3
Miramar Futsal C.: 1
CCSS Guifões: 1
Leões Valboenses FC: 1
Grupo Musical Miragaia: 1
Santa Cruz FC: 1
GDC Cohaemato: 1