Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Apresentação do plantel sénior masculino
Neste sábado entra em competição o último escalão de Futsal da A.R. Restauradores Brás Oleiro. Os seniores deslocam-se ao reduto do ADC Figueiras para a jornada inaugural da série 2 da 1ª Divisão Distrital.

Para a época de 2018/19, a composição do plantel é a seguinte:
 Guarda-Redes: Rui (renovação), Castro (renovação), Xupito (sem clube);
Fixos: Gadelhas (renovação);
Fixos/Alas: Paulinho (renovação, ex-júnior), Toninho (renovação), Joãozinho (renovação, ex-júnior);
Universais: Bola (renovação), Joel (renovação), Jonny (renovação, ex-júnior), Ricardo (renovação);
Alas: Pedro (renovação), Nogueira (renovação, ex-júnior), Vítor (renovação);
Alas/Pivôs: Rato (renovação), Rafa (renovação);
Pivôs: Tiago (renovação);
A equipa técnica é composta pelo Treinador Principal Rui Cabral e pelo Treinador Adjunto/GR David Silva. Esta equipa técnica já tinha orientado este escalão nos últimos sete jogos da época transata, sendo portanto uma aposta na continuidade.
No caso desta notícia, irei falar em causa própria, dado ser o treinador principal da equipa. Em relação ao plantel, encontrei na época passada uma equipa com uma segunda volta complicada, mas na qual, ao fim de poucos treinos, percebi que tinha jogadores que podiam evoluir muito em pouco tempo. Passadas algumas semanas as coisas já estavam a correr melhor e a evolução era notória. Para a época de 2018/19, apostámos na base da época passada e na formação dos Restauradores. Com a exceção do nosso guarda redes Xupito, que estava sem clube e veio treinar connosco, todos os outros atletas estavam nos Restauradores. O futuro é este: a formação. Conseguimos uma mescla engraçada de jogadores experientes e de grande valor com outros jovens, igualmente de grande valor.
A pré época não teve grande significado em termos de resultados, pois a maior preocupação foi testar soluções e dar minutos a todos os jogadores do plantel. Aí conseguimos ter uma noção mais clara das valias de todos os jogadores, e aos poucos melhorar taticamente e exibicionalmente. Foi uma pré época intensa, mas mais produtiva do que se poderá pensar.
As expetativas para a época de 2018/19 são altas. Temos a noção de que temos uma boa equipa e queremos andar nos lugares cimeiros da tabela. Não conhecemos ainda ao pormenor todos os nossos adversários, mas vamos disputar todos os jogos de igual para igual. Como não é possível descer de divisão, e o pior que nos pode acontecer é ficarmos nesta divisão, resta-nos um caminho apenas: subir. Se vamos ou não ser capazes logo se verá. Mas acredito nos jogadores que temos e no trabalho desta equipa técnica. Acima de tudo temos um excelente grupo de pessoas, com um excelente ambiente e isso dá-nos muita motivação e expetativa para o que aí vem. Vamos à procura de fazer história nos Restauradores!