É sempre bom ver o nosso trabalho reconhecido
A Granja homenageou este fim-de-semana os seus atletas que foram campeões de série, mas também aqueles que foram convocados às selecções nacionais. Um desses jogadores foi o Isac, atleta que integra o plantel sénior e que integrou a selecção nacional universitária, que disputou no Verão passado o campeonato do mundo no Brasil.

Impunha-se portanto falar com o jogador, que começou por agradecer a homenagem feita, “é sempre bom ser homenageado, pois é o reconhecimento do nosso trabalho e o facto de esta distinção vir do clube que represento, têm um sabor especial, ser reconhecido pelo clube é algo muito bom.
Em relação ao motivo da homenagem, Isac referiu que “a chamada à selecção foi uma surpresa, foi algo que não tinha previsto, mas depois de lá estar, fui à luta e dei o meu melhor”.
Nessa experiência, salientou ter “aprendido muito e tive noção de várias coisas que até então não tinha conhecimento. Foi uma experiência inesquecível e em termos de aprendizagem foi algo extremamente importante, pois a exigência pedida é enorme em todos os momentos.
Apesar de a selecção nacional não ter conseguido passar às meias-finais (teve pior no critério de desempate), para o jogador “o nível que demonstramos foi muito superior a várias equipas e tínhamos a obrigação de fazer melhor. Se tivéssemos conseguido passar à fase seguinte, acredito que podíamos ter ido longe.
E como vê o jogador a época que a Granja tem feito? “Tem sido positiva, conseguimos atingir o nosso objectivo. Tivemos na primeira fase, muito sérios e trabalhadores e sempre motivados para chegar onde chegamos, mas agora aqui o nível de exigência é maior e a margem de erro é nula. Podíamos estar nesta fase de apuramento de campeão, com mais pontos, mas é importante ver que estamos ainda numa fase de aprendizagem, que estamos a ganhar experiência e maturidade, algo que a este nível faz toda a diferença.


Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.