Interpretação do Artigo 25º do Regulamento da Competição não está correta
A Federação Portuguesa de Futebol, volta a ter uma interpretação enviusada do Regulamento de Competições da 2ª Divisão Nacional, ao conferir por decreto que na Série “E” descem quatro equipas e não três, não dando hipóteses ao actual sexto classificado (UP Venda Nova) de competir com os quintos classificados das outras Séries para saber quem é o pior.

O que diz o Regulamento:
Anexo I - Formato de Competição
2ª Fase Manutenção/Descida
Disputam a segunda fase (manutenção e descida), na mesma série em que disputaram a 1ª fase, os 56 clubes não apurados para disputar a segunda fase (apuramento para 3ª fase). Iniciam a participação na segunda fase com 50% dos pontos conquistados na 1ª fase, jogam todos contra todos a uma volta.
Artigo 25.º Subidas e Descidas
1. Descem aos Campeonatos Distritais, de forma automática, na segunda fase de manutenção e descida, 22 clubes, entre estes:
a) Os três últimos classificados de cada Série do continente;
b) O pior classificado de entre os Clubes que ficaram imediatamente acima dos três últimos classificados referidos na alínea anterior;
c) Os três últimos classificados da série Açores.

Na nota informativa n.º 383/16-17/Comp/FPF de 10/04/2017 que saiu esta tarde alteram o regulamento e dizem isto:
Esta 2ª Fase – Manutenção e Descida, é disputada por 55 clubes (por desistência do GF Empregados do Comércio) sendo constituída por 6 séries no continense (8 equipas) e por 1 série nos Açores (7 clubes):
A – Nas seis séries do Continente:
* Os três últimos classificados (6º, 7º e 8º) de cada uma das séries, perfazendo um total de 18 clubes;
C - Na Série Açores:
* Os três últimos Classificados (5º, 6º e 7º)

Porque é que está errado…
Com a desistência do GFE Comércio da Série E, já estava encontrado um dos três clubes que desciam aos distritais, ficando por encontrar mais dois clubes nesta série, no entanto foi nesta mesma Série que foi encontrado o pior segundo classificado e por isso só o primeiro classificado é que foi à 2ª Fase de Apuramento para a 3ª Fase de Apuramento de Campeão, e com a desistência do GFEC e a ida de um só clube à fase de Apuramento de Campeão, esta Série ficou com o mesmo número de equipas que as outras séries do continente.
No entanto nesta Série só teria descida automática o 8.º e 7.º classificado e o 6.º classificado iria disputar com os outros quintos classificados das outras séries o que detinham a pior classificação, porque se não existisse a desistência do GFEC esta série teria nove equipas e não oito.
Assim sendo apesar da sua situação melindrosa da UP Venda Nova com catorze pontos contra os dezasseis do USC Paredes que é o segundo pior quinto classificado quando faltam apenas duas jornadas para terminar o campeonato, não é correto decretar a descida de um clube quando pelo regulamento pode disputar até ao final a sua sobrevivência no Campeonato Nacional da 2ª Divisão.
Agora suponhamos que o UPVN estava numa situação confortável?
Nota: Foi corrigido os pontos da UP Venda Nova

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.