Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

7ª Jornada – Alterações a meio da tabela
Nesta semana Jogaram-se todos os jogos e verificaram-se uma série de resultados bem interessantes. As equipas do topo começam a destacar-se e no fundo está tudo cada vez mais equilibrado.


No sábado, Arsenal C. Parada recebeu a Casa FC Porto Rio Tinto, ambas as equipas tinham os mesmos pontos e ambas pretendiam afastar-se do adversário e aproximar-se da zona de manutenção, ou até mesmo, em caso de derrota do GDC Cohaemato, subir ao primeiro lugar da zona de manutenção. Foi um jogo equilibrado, mas onde a equipa visitante entrou melhor. Seis minutos de jogo e já venciam o jogo com um bom golo do seu numero oito. Cerca de dez minutos mais tarde, o ala Carlos, da equipa visitante, tem uma excelente arrancada pela esquerda que culmina com um bom passe ao segundo poste para a finalização certeira e o bis do numero oito visitante. A partir deste momento, com 0-2 no resultado, a equipa da casa começou a crescer e poucos minutos depois reduziu por intermédio do seu capitão. O jogo manteve-se equilibrado com oportunidades de ambas as partes e o resultado permaneceu inalterado até ao intervalo. Na segunda parte o Arsenal entrou melhor e empatou o jogo logo aos três minutos com um golaço mais uma vez do seu capitão. Alias, apesar do jogo ter equilibrado a partir do 3-2, o Arsenal continuou a ter maior eficácia e o seu capitão acabou como homem do jogo após fazer todos os cinco golos da sua equipa. Resultado final 5-2 e a equipa maiata consegue subir um pouco na tabela e ultrapassar o seu adversário direto.
Duas horas mais tarde, Matosinhos Futsal Clube recebeu o GDC Cohaemato. A equipa da casa queria manter-se encostada aos primeiros lugares e a equipa visitante precisava de vencer para sair dos lugares de despromoção e evitar ser ultrapassada.
Num jogo que acabou por demonstrar um grande equilíbrio global, a equipa visitante entrou bem melhor e mostrou desde cedo muito maior vontade de levar os três pontos.
Uma entrada fulminante dos meninos de Leça da Palmeira que após uma grande jogada do seu número nove obrigaram a equipa da casa a meter a bola na própria baliza logo aos três minutos. Cinco minutos depois, mais uma boa jogada iniciada pelo mesmo atleta permite ao número oito introduzir a bola no fundo das redes e fazer o 0-2.
A equipa da casa não se deixa ficar e reduz logo de seguida por intermédio do seu pivot Paulo. O jogo mantém-se com oportunidades de parte a parte até ao fim da primeira parte, tendo o GDC Cohaemato conseguido ampliar a sua vantagem e fazendo o 1-3 mesmo ao cair do pano.
Na segunda parte, quando se esperava uma reação forte por parte dos matosinhenses, a Cohaemato torna a entrar forte e faz o 1-4 logo aos oito minutos de jogo. Mais uma vez resposta quase imediata do Pivot Paulo que reduz e faz o 2-4 para a sua equipa.
Nesta fase do jogo pouca reação se via da equipa da casa e o jogo parecia ter sancionado em definitivo com o quarto golo visitante. Ideia que se acentuou ainda mais com o 2-5 aos dezanove minutos de jogo. Aos vinte e dois minutos Pedro Silva reduz para o Matosinhos que pareceu acordar nesta altura. Acordou tarde. Dário Soares marcou um bom golo aos vinte e três minutos e fez o 4-5, mas logo de seguida a Cohaemato marcou o sexto que lhes valeu a vitória, mesmo apesar do penalti bem convertido e que deu o hattrick ao jogador Paulo Alexandre. três pontos importantes para a equipa de Leça que lhes permitem continuar na luta pela manutenção.
Domingo de manhã a Académica de Leça recebeu e venceu a JD Gondomar num jogo onde houve praticamente apenas um só sentido. A equipa da casa entrou forte e jogou com grande intensidade de inicio ao fim. Aos dois minutos de jogo já vencia por 2-0 e na primeira parte permitiu apenas uma pequena reação da equipa visitante que aos nove minutos reduziu por intermédio do seu número oito e fez o 3-1. Mais dois golos caseiros antes do intervalo fizeram o 5-1 com que se foi para o intervalo. Segunda parte e mais uma vez entrada fortíssima dos meninos de Leça. Três minutos de jogo e o atleta Francisco faz um excelente golo marcando o 6-1. O jogo equilibrou um pouco mas continuou controlado pela equipa da casa que geriu o esforço e marcou mais três golos apesar de ter concedido mais dois até ao fim. 9-3 final davam três importantes pontos e encostavam a equipa ao quarteto da frente. JD Gondomar afunda-se mais e é ultrapassada pelo Arsenal C. Parada.
Logo a seguir, o líder Boavista recebeu a AD Modicus Sandim. Um jogo que se previa bastante desequilibrado acabou por ter um grande equilíbrio. Com poucos e repartidos golos, a equipa da casa, de regresso ao seu pavilhão após castigo, conseguiu superiorizar-se e vencer por 3-2 num desafio que acabou por ser mais complicado do que esperavam. Mérito para a equipa gaiense que quase conseguiu roubar pontos ao ainda invicto líder.
Por fim, Clube Académico de Pedras Rubras recebeu o ultimo classificado e alcançou uma excelente vitória por 9-0. Num jogo relativamente acessível para os atuais segundos classificados, o ritmo baixo da equipa visitante quase adormeceram e levaram a que a equipa da casa fosse baixando o seu ritmo ao longo de todo o jogo. Uma primeira parte ainda algo ritmada onde a equipa da casa pautou pela falta de eficácia, trinta e dois remates, onde apenas vinte e cinco foram à baliza e apenas cinco entraram. Muito baixa eficácia levaram o resultado em 5-0 ao intervalo com golos de Bekas, Parracho e hat-trick de Pedro Silva na primeira parte.
Na segunda metade a equipa visitante continuou fechada atrás e baixou ainda mais o ritmo e as suas linhas. A realidade é que baixou para onze os remates à baliza do adversário que conseguiu apenas marcar mais quatro vezes por intermédio dos mesmos jogadores, mas causou alguma dormência na equipa da casa que permitiu à visitante os dois únicos remates à baliza do encontro nos seis que fez em todo o encontro. Jogo sem história, de único sentido, mas em que se pedia muito mais daquela que se assume já uma candidata ao primeiro lugar desta série. Ficam as palavras do treinador adjunto da equipa da casa:
Um jogo em que sabíamos que poderíamos construir um resultado bem positivo, mas que para isso teríamos que estar no máximo nível exibicional. Rapidamente nos adiantámos no marcador e a partir dai criamos muitas oportunidades de golo, algumas concretizadas outras não. 
Sabíamos que também que se a nível defensivo não estivéssemos num bom nível o adversário poderia criar algumas situações de contra-ataque, algo que no primeiro tempo não aconteceu, mas sim na segunda parte já tiveram algumas oportunidades, por erros individuais e também falhas no momento do passe, arriscando sempre a finta. 
Ponto mais negativo deste jogo foi mesmo a concretização das inúmeras oportunidades de golo criadas, especialmente no primeiro tempo, mas no geral fizemos um bom jogo, onde deu para todos jogarem, aspeto para mim importantíssimo na formação.
Excelente semana a todos”.
A meio da semana houve ainda tempo para se jogar o jogo em atraso referente à sexta jornada entre Arsenal C. Parada e GDR Retorta. A equipa maiata venceu por uns claros 1-12 e assegurou o seu lugar na luta pela manutenção. Quanto à equipa da casa parece cada vez mais próxima da despromoção.
Ao fim da sétima jornada assim se encontra a tabela classificativa:

8ª Jornada – Académico encostado ao líder Boavista
Penúltima jornada da primeira volta se passou. No top quatro tudo na mesma mas há várias mudanças no meio da tabela.
Sábado à tarde, GDC Cohaemato recebeu a AD Modicus Sandim. A equipa da casa com nove pontos pretendia igualar os doze pontos da equipa visitante e ultrapassa-la na tabela classificativa. O Modicus, por sua vez, pretendia manter-se no quinto posto, evitar colar-se à linha de água e quebrar o ciclo de três derrotas consecutivas que levava.

A equipa da casa entrou bem mais forte e determinada e pouca hipótese de discussão deu ao seu adversário. O resultado final bastante expressivo (8-1) demonstra claramente o domínio da formação de Leça da Palmeira e empurram a equipa de Gaia para a quarta derrota consecutiva ficando encostada à linha de água. A AD Modicus, depois de ser a equipa que teve o melhor início (quatro vitórias consecutivas) continua a descer na tabela enquanto o GDC Cohaemato continua bem encaminhado rumo à manutenção.
Um pouco mais tarde, Casa FC Porto Rio Tinto, que procura “desesperadamente” pontos para subir na classificação e tentar sair da zona de despromoção, recebeu o segundo classificado, C. Académico Pedras Rubras.
A equipa visitante procurava claramente manter distâncias para o Boavista ou até mesmo igualar pontualmente o primeiro classificado e assim o fez, num jogo com um largo domínio visitante, a equipa da casa foi procurando atacar, mas deparou-se sempre com uma formação defensiva de grande qualidade que soube organizar-se ofensivamente e só pecou pela fraca eficácia na finalização. A equipa visitante raramente, mesmo apesar do 0-2 magro ao intervalo, viu os seus três pontos ameaçados e soube gerir muito bem, mesmo rodando toda a equipa, a vantagem e conseguiu mesmo ampliar, após o desperdício mais uma vez de inúmeras oportunidades na segunda parte para o 0-3 final. Um jogo que mais uma vez demonstrou a qualidade da equipa de Pedras Rubras, sobretudo a sua enorme organização defensiva que a leva a ser atualmente a melhor defesa desta série.
No entanto, a equipa da casa sai de cabeça levantada pois demonstrou sempre bom futsal e nunca desistiu do jogo, o que nos deixa a pensar se não poderá surpreender nos próximos jogos. Fica o comentário do treinador adjunto da equipa visitante:
“Um jogo em que começamos bem, muito focados no objetivo que foi traçado desde o início desta segunda fase, sabendo que teríamos que colocar aquilo que foi trabalhado durante a semana em campo para alcançarmos mais um objetivo, pois estamos a jogar jogo a jogo para chegar o mais longe possível em variados aspetos.
Rapidamente adiantamo-nos no marcador e conseguimos logo a partir daí segurar o jogo, havendo ainda no primeiro tempo algumas oportunidades que poderiam ter dado golo ao adversário com erros individuais, que influenciaram o coletivo.
No segundo tempo, mais do mesmo, superioridade da minha equipa, que mostrou muitos bons indícios de desenvolvimento, havendo sempre algumas falhas que felizmente não nos prejudicaram.
No final uma vitoria segura aliada ao empenho e dedicação por parte de toda a estrutura, desde jogadores até equipa técnica, que contribuem muito para o crescimento a cada dia e desenvolvimento dos atletas a todos os níveis, que nos deixam com muito orgulho.
Obrigado a quem me possibilita fazer com todo o gosto estes comentários e especialmente ao Futsal Porto Distrital.
Cumprimentos a todos”.
Ao final da tarde, A. Académica de Leça recebeu o Boavista FC. A equipa de Leça tem vindo a subir de forma com cinco vitórias consecutivas, enquanto a equipa axadrezada vem descendo de forma tendo apenas três pontos de vantagem para o segundo classificado. Num jogo intenso, a equipa da casa entrou com mais vontade e força e vontade e conseguiu mais uma excelente vitória tendo imposto a primeira derrota à equipa do Boavista nesta segunda fase. Este resultado permite ao Académico de Pedras Rubras igualar pontualmente o primeiro classificado e à A. Académica de Leça encostar-se ao pódio.

Domingo à hora de almoço o GDR Retorta recebeu e foi goleado pelo Matosinhos Futsal Clube. Num jogo com apenas um sentido, a equipa visitante quis recuperar pontos perdidos e, a todo o custo recuperar na diferença de golos tendo imposto uma goleada pesada ao seu adversário. Talvez prescindindo de alguma rotação e inclusive colocando o seu guarda-redes a bater penáltis (algo que pode ser considerado como pouco respeito pelo adversário por alguns) o Matosinhos jogou sempre como se de um jogo difícil se tratasse e conseguiu uma excelente e moralizadora vitória. Consegue assim manter o seu terceiro posto a três pontos do segundo classificado.
À mesma hora, JD Gondomar goleou por 6-1 o Arsenal C. Parada naquele que deve ter sido um excelente jogo de futsal. O clube maiato atrasa-se na luta pela manutenção e é ultrapassado pela equipa gondomarense que fica para já no sétimo lugar com dez pontos, mais um que o seu adversário direto.
Ao fim da oitava jornada assim se encontra a tabela classificativa:

Esta semana teremos mais cinco bons jogos e veremos como termina a primeira metade desta série.
Sábado à tarde Boavista FC recebe GDC Cohaemato num grande jogo entre duas grandes equipas. A equipa de Leça tem conseguido recuperar dos maus resultados iniciais e vai defrontar um ainda primeiro classificado, mas que tem perdido pontos nas últimas jornadas. Veremos como fica este grande jogo que pode definir o primeiro classificado ao fim da primeira volta.
Domingo de manhã C. Académico Pedras Rubras recebe a JD Gondomar que terá a difícil tarefa de tentar roubar pontos à equipa maiata que tão bem se tem apresentado e que tem neste momento a melhor defesa do campeonato. Veremos qual será o resultado final.
De tarde, Matosinhos FC recebe a Casa FC Porto Rio Tinto. Duas equipas separadas por dez pontos e em situações muito diferentes, mas num jogo que, analisando os resultados recentes de ambas as formações nos pode surpreender. Veremos!
Um pouco mais tarde Arsenal C. Parada recebe A. Académica de Leça. A equipa maiata quer ganhar pontos para continua a luta pela manutenção mas a equipa de Leça não quererá descolar do pódio e certamente dará um bom espetáculo.
Ao final da tarde AD Modicus Sandim recebe o último classificado GDR Retorta e quererá terminar a primeira volta acima da linha de água indo provavelmente conquistar a vitória.
Apareçam nos pavilhões pois valerá certamente a pena.
Um grande obrigado a todos os treinadores que contribuíram para este comentário, desejo uma boa semana de treinos a todos e uma excelente nona jornada.
Não sendo eu profissional e apenas colaborando de bom grado para este portal, queria salientar aos diversos leitores e sobretudo aos mais críticos que me limito a fazer as análises de acordo com o meu ponto de vista tendo em conta os jogos que o meu tempo me permite ver e, quando não mo permite, os comentários e descrições dos treinadores que aceitam colaborar. Para quem as acha “injustas e desajustadas”, o meu email segue em baixo para me enviarem análises, comentários, fotos, vídeos, sobre qualquer jogo desta série. Obrigado.
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.