Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Primeiras duas posições quase definidas
Duas jornadas se passaram e faço agora a análise possível destas duas. Com a primeira fase quase no final (faltam três jornadas), a primeira e segunda posição começam a ficar definida mas, ainda todas as outras equipas podem terminar no terceiro lugar e por isso está ainda tudo em aberto.

Na 10ª jornada, GDC Cohaemato recebeu o Póvoa Futsal e queria procurar descolar da última posição, no entanto, a equipa poveira procurava segurar e tentar isolar-se no segundo posto da classificação. Num jogo com duas partes distintas, o GDC Cohaemato acabou por entrar mal no jogo e dar um avanço fulcral à equipa visitante. Três golos marcados pelo Póvoa nos primeiros quinze minutos acabaram por ser essenciais à vitória. A equipa da casa ainda tentou reagir e chegou ao intervalo a perder por 1-4. Na segunda parte uma equipa de Leça mais viva, mais agressiva acaba por vencer o parcial por 3-1 mas não foi o suficiente para vencer o jogo. 3-5 final colocava o Póvoa isolado no segundo posto e mantinha o GDC Cohaemato encostado ao fundo da tabela.
De seguida a A. Académica de Leça deslocou-se ao terreno da JD Gaia para tentar continuar a sua melhor fase e subir mais na tabela classificativa, no entanto não conseguiu superiorizar-se suficientemente ao seu adversário e materializar isso em números. 6-2 no final, no entanto um resultado que pode ser enganador relativamente ao equilíbrio existente durante todo o jogo. Mais três pontos para a formação de Gaia e a “manutenção” do penúltimo lugar para a equipa de Leça. Ficam os comentários do treinador da equipa visitante:
Mais uma jornada que não tivemos a sorte do nosso lado, fizemos uma excelente primeira parte dominamos em todos os aspetos do jogo.
Fizemos dois golos é criamos inúmeras oportunidades para ampliar o resultado, o resultado ao intervalo era uma igualdade a dois extremamente injusto devido ao que se passou.
Alertei ao intervalo para continuar da mesma forma é sem explicação deixamos de jogar aí o Gaia tomou conta do jogo e fez mais quatro golos.
Na minha opinião um resultado pesado, mas enfim temos que continuar o nosso caminho.”

No domingo Boavista FC recebia o Matosinhos FC. Depois da excelente reviravolta da semana anterior e de ter regressado ao top três do campeonato, o Boavista pretendia manter-se encostado ao grupo de cima e conquistar a vitória. Mas a equipa matosinhense, com três vitórias em três jogos nesta segunda volta, pretendia também aproximar-se do topo e manter tudo em aberto. E assim o fez. Num jogo extremamente equilibrado, a equipa visitante foi mais eficaz. Uma primeira parte bem disputada, mas com poucas oportunidades, a equipa visitante definiu o parcial de 0-1 numa boa finalização do seu atleta Pedro Silva aos vinte e um minutos de jogo. Na segunda parte o Boavista voltou mais determinado e empatou o jogo aos cinco minutos por intermédio do seu atleta Hugo Santos. No entanto a equipa de Matosinhos uniu-se e defendeu muito bem, tendo conseguido marcar mais dois golos até ao final, aos dez minutos um autogolo da equipa da casa recolocou o Matosinhos em vantagem e a dois minutos do fim, um belo golo do ala Francisco Costa ditou o resultado final.
Excelente vitória da equipa de Matosinhos que tem sido a surpresa desta segunda volta. Ficam os comentários possíveis:
O jogo desta semana foi mais um excelente espetáculo de futsal com muito equilíbrio, bons jogadores e emoção do principio ao fim. Sabíamos das dificuldades que íamos ter pois o Boavista vinha de excelentes resultados e contava com fator casa para nos colocar muita pressão.
Por isso preparamos este jogo ao pormenor durante a semana e todas as condicionantes do jogo foram levadas em conta. O jogo começou com o Boavista forte ofensivamente e com grande pressão, por isso tivemos algumas dificuldades a defender dada a qualidade individual de alguns jogadores do Boavista.
Apesar de algumas ameaças o Boavista não marcou e seriamos nós a marcar numa bela iniciativa individual do nosso pivot. Na segunda parte o Boavista conseguiu empatar e aí apareceu o atual Matosinhos com muita confiança em vez de acusar o empate fomos para cima do Boavista e conseguimos rapidamente fazer o segundo golo e depois matar o jogo com mais um golo.
O Boavista lutou ate ao fim, mas nos soubemos defender bem e conseguimos uma vitoria que premeia a grande atitude dos meus jogadores. 
Não gosto de falar dos árbitros, mas desta vez tiveram um dia mau e fomos prejudicados em duas decisões que podiam ter tido influência no resultado dado o equilíbrio que houve. Parabéns aos meus jogadores por esta vitoria que não foi fácil."

Por fim, o C. Académico de Pedras Rubras deslocava-se a Vila do Conde para defrontar o sempre forte primeiro classificado ADCR Caxinas. Um jogo que sabiam difícil e muito complicado, mas em que a equipa visitante entrou demasiado aberta e depressa sofreu golos e se foi abaixo demonstrando uma série de atitudes menos adequadas e indisciplinadas. Um jogo sem história em que a equipa da casa claramente dominou e jogou o que quis, havendo alguns momentos de tentativa de resposta da equipa Maiata mas sem grandes resultados. A equipa da casa mantinha o seu excelente registo e a equipa de Pedras Rubras provava mais uma vez a sua má fase. Ficam os comentários dos treinadores:
"Este era um jogo que poderia ser perigoso para nós, perante um adversário que já tinha conseguido alguns resultados interessantes. No entanto entramos muito bem determinados e fizemos um jogo bastante seguro e consistente do início ao fim. Controlamos a partida e com naturalidade colocamo-nos em vantagem e fomos alargando. 3-0 ao intervalo e a jogar em casa dava-nos uma boa margem.
Na segunda parte o nosso adversário utilizou mais vezes o 5 para 4 o que acabou por equilibrar um pouco mais partida. Tivemos menos bola em relação ao primeiro tempo, ainda assim sempre com o jogo controlado. Julgo também que o Pedras Rubras também não fez o seu melhor jogo o que facilitou a nossa tarefa. Vitória justa da nossa parte e mais um passo em frente."

Um jogo contra uma equipa com grande historial e com excelentes jogadores que saberíamos que nos iriam criar muitas dificuldades se não estivéssemos empenhados e concentrados e a lutar por cada lance como se fosse o último.
Entramos desconcentrados e rapidamente a nossa resistência foi quebrada, contra uma equipa que mostrou desde inicio que vinha para ganhar.  Cometemos ao longo da primeira parte erros que fizeram com que o resultado fosse com uma diferença significativa para o intervalo.
Na segunda parte tivemos que subir mais um pouco as linhas para procurar reduzir a desvantagem, e arriscar algumas situações de 5-4, para obter espaços mais na zona ofensiva, não sendo muito eficaz porque a equipa do Caxinas foi muito competente no aspeto defensivo e muito criteriosa no ofensivo, aproveitando todas as oportunidades que surgiram.
O resultado foi ficando mais desnivelado, e para mim um resultado que mostra aquilo que foi o jogo, muita apatia da minha equipa, que contra uma equipa do Caxinas ao mais alto nível, torna as coisas muito complicadas. Vamos continuar a trabalhar para chegar o mais longe possível. Parabéns à equipa do Caxinas pela exibição. Cumprimentos a todos e boa semana.

A 11ª Jornada começou com um dérbi, Académica de Leça Vs Cohaemato. Um dérbi que na primeira volta tinha terminado com uma vitória clara da equipa da A. Académica de Leça, desta vez foi um excelente e muito equilibrado jogo. Um jogo digno de duas excelentes equipas. Empatado ao intervalo, revelou-nos uma segunda parte espetacular! A equipa visitante colocou-se na frente logo aos quatro minutos, tendo o Leça empatado a partida aos dez minutos de jogo. Cinco minutos depois a Cohaemato passou novamente à frente tendo alargado o resultado para 2-4 aos vinte e um minutos de jogo. A equipa da casa procurou reagir e assumiu o jogo tendo conseguido reduzir para 3-4 a dois minutos do fim. Tendo este sido o resultado final verificou-se uma inversão na classificação com a equipa de Leça a regressar ao último posto e o GDC Cohaemato a subir um posto. Ficam os comentários do treinador da A. Académica de Leça:
Derrota por 3-4 na minha modesta opinião muito injusta, fizemos tudo para ganhar o jogo. Desde o início do jogo que fomos a equipa que sempre procurou ganhar fizemos de tudo, mas paciência fica para a próxima. Temos agora três jogos que vamos discuti-los até ao fim para honrar o nome do clube. Juntos somos mais fortes.
Logo de seguida o Boavista FC terceiro classificado deslocava-se ao terreno do Póvoa Futsal segundo classificado, com objetivos diferentes. O Póvoa com três pontos de vantagem pretendia alargar e praticamente garantir a classificação. O Boavista estava praticamente obrigado a vencer para se manter no topo. Foi um bom jogo que acabou por ser claramente dominado pela equipa da casa que continua a ter uma das melhores defesas da competição e um dos ataques mais eficazes. O 2-0 ao intervalo provava o domínio caseiro. Na segunda parte o Boavista tentou reagir mas foi o Póvoa quem marcou novamente aos seis minutos de jogo e, apesar de dois excelentes golos da equipa visitante, não conseguiram ir além de um 4-2 e não evitaram a descida de posição.

Domingo de manhã o C. Académico Pedras Rubras, na sua pior fase recebia o Matosinhos FC na sua melhor fase. Sem qualquer guarda-redes presente e com várias ausências, a equipa da casa não conseguiu aguentar a força e intensidade da equipa visitante que acabou por vencer por uns claros 5-0. Jogo sem história com uma vitória justa ainda que demasiado alargada da equipa visitante e que atira a equipa de Pedras Rubras, uma das boas surpresas da primeira volta para a sua quarta derrota em quatro jogos desta segunda volta. Ficam as declarações do treinador visitante:

O jogo contra o Académico foi encarado por nós com muito rigor pois precisávamos de conseguir mais uma vitoria para mantermos o crescimento da equipa e se possível subir mais na classificação. Na primeira parte controlamos sempre o jogo, muito fortes defensivamente não permitimos ocasiões de golo ao adversário apesar deste jogar quase todo o tempo em 5 para 4. Em termos ofensivos soubemos fazer o nosso jogo e fomos eficazes fazendo dois golos. Na segunda parte sabíamos que o Académico iria dar tudo para marcar e nos minutos iniciais não conseguimos controlar o jogo. Nesse período foi determinante duas ou três boas defesas do nosso guarda-redes que manteve o resultado e permitiu a equipa sair em transições rápidas na procura de matar o jogo com o terceiro e o quarto golo, o terceiro numa bela iniciativa individual do nosso pivot e o quarto numa rápida jogada coletiva muito trabalhada por nós nos treinos. Penso que a nossa vitória foi justa contra um adversário que lutou muito. Parabéns aos meus jogadores pela atitude que foi fundamental para conseguirmos mais uma vitória. Vamos treinar cada vez mais forte pois ainda podemos evoluir mais, no sentido de elevar o nome dos meus jogadores e do clube."
Por fim o líder Caxinas deslocou-se a Vila Nova de Gaia. Já com a classificação paticamente garantida pouco tinha a perder e não foi além de um empate a uma bola com a equipa gaiense que não tem estado na melhor forma e que procurava conquistar pontos para não se afastar mais do topo da tabela. Um excelente e equilibrado jogo. Ficam os comentários do treinador do Caxinas:
"Em primeiro lugar dizer que foi um grande jogo de futsal. Equilibrado e sempre muito disputado. Quem assistiu certamente saiu satisfeito com o espetáculo e a qualidade apresentada por ambas as equipas. Já tinha dito aqui que achava que o Gaia tinha uma excelente equipa e mais uma vez isso provou-se. Bem organizada e com bons atletas. As duas equipas tiveram sempre uma atitude muito positiva no jogo, com mais controlo e oportunidades da nossa parte mas o Gaia sobretudo em através de transições também aqui e ali teve as suas situações. O 0-0 ao intervalo representava bem o equilíbrio e a disputa aguerrida (no bom sentido do jogo) de cada lance. Na segunda parte entramos muito bem e marcamos cedo com justiça. Depois não fomos capazes de dilatar a vantagem e apesar de estarmos quase sempre mais por cima do jogo o Gaia, com o passar do tempo, foi acreditando que era possível tirar algo mais do jogo. Acabamos por sofrer já bem perto do fim, a faltar três minutos num lance esquisito em que numa bola morta ao tentarmos aliviar ressaltou num jogador e acabou por isolar um atleta do Gaia. Já não tivemos muito tempo para mais e obviamente que fica um sabor amargo no jogo. Fica a sensação que merecíamos mais que o empate, no entanto grande jogo de futsal e Parabéns também ao Gaia porque se bateu muito bem e soube procurar e lutar por sair com pontos de nossa casa. Insatisfeito pelo empate, mas muito satisfeito pelo empenho, entrega, garra e qualidade apresentada pelos meus atletas."
Ao fim da 11ª jornada assim se encontra a tabela classificativa:
Um grande obrigado a todos os treinadores que contribuíram para este comentário, desejo uma boa semana de treinos a todos.

Não sendo eu profissional e apenas colaborando de bom grado para este portal, queria salientar aos diversos leitores e sobretudo aos mais críticos que me limito a fazer as análises de acordo com o meu ponto de vista tendo em conta os jogos que o meu tempo me permite ver e, quando não mo permite, os comentários e descrições dos treinadores que aceitam colaborar. Para quem as acha “injustas e desajustadas”, o meu email segue em baixo para me enviarem análises, comentários, fotos, vídeos, sobre qualquer jogo desta série. Obrigado.
Contactos:Pedro Morais
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.