Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Continua o grande equilíbrio na Série
E com quatro jornadas passadas continuamos a verificar com agrado o grande equilíbrio presente nesta espetacular série.
Mais quatro excelentes jogos onde observamos com satisfação ao despertar inesperado de uma equipa que ainda não tinha conseguido pontuar.

Apesar de ter sido o jogo mais desequilibrado no que aos resultados diz respeito, o dérbi de Leça da Palmeira acabou por ser o jogo mais “interessante” devido à surpreendente e excelente vitória da equipa visitante.
Começo assim por isso mesmo a falar deste jogo. Frente a frente tínhamos duas equipas vizinhas, separadas por poucos quilómetros e que, por serem da mesma cidade, anteviam um espetáculo excelente, ampliado pelas saudáveis rivalidades existentes entre ambas as equipas.
Uma equipa da casa habituada a ganhar, o GDC Cohaemato encontrava-se longe da sua boa forma de outras épocas, com uma vitória e dois empates, a equipa da Cohaemato procurava somar mais três aos seus cinco pontos conquistados até à data. Do outro lado uma equipa da A. Académica de Leça porventura desmotivada pela má forma nas primeiras três jornadas, com três derrotas em três jogos não tinha ainda somado qualquer jogo e por isso entregava completamente o favoritismo deste jogo à equipa da casa.
No entanto, este jogo não só não nos desiludiu, como se revelou ainda mais interessante do que se esperava devido à grande vitória da equipa visitante.  
A A. Académica de Leça entrou muito bem no jogo, forte, com coragem e determinação em dar a volta ao momento menos bom que vivia. Num jogo inicialmente equilibrado, a equipa da Académica de Leça esteve praticamente irrepreensível defensivamente, e conseguiu marcar primeiro, tendo ido para o intervalo com dois golos de vantagem. A equipa da casa tentou reagir mas mais uma vez deparou-se com uma equipa defensivamente muito bem, auxiliada por boas defesas do seu guarda redes. A A. Académica de Leça voltou a marcar e não mais a Cohaemato voltou ao jogo, perdendo determinação e permitindo à equipa visitante voltar a marcar mais quatro vezes numa manhã particularmente desinspirada da equipa da casa. Uma excelente vitória da AA Leça que lhes permite somar os seus três primeiros pontos, saltando assim do último para o penúltimo lugar, trocando de posição contra o Matosinhos Futsal C. que tinha perdido na tarde anterior. Deixo-vos agora com as declarações do treinador da A Académica de Leça:
“Em relação ao jogo fizemos um excelente jogo em todos os aspetos.
Fomos muito coesos defensivamente não demos possibilidade á Cohaemato de planear seu jogo depois fomos muito criteriosos no aspeto ofensivo.
Na minha modesta opinião fomos uns justos vencedores.
Foi apenas mais um jogo temos muito a trabalhar ainda.”
No Sábado à tarde tivemos duas excelentes partidas. Em Custoias, o Matosinhos Futsal Clube, com apenas um ponto conquistado, procurava evitar ser ultrapassado (em caso de vitória da A. Académica de Leça no dia seguinte) e conquistar os primeiros três pontos neste campeonato, encontrava um C. Académico de Pedras Rubras, com seis pontos conquistados em nove possíveis, que procurava continuar o excelente início de época que já demonstrou estar a fazer (apesar de ter subido à 1ª Divisão apenas no ano transato), motivado para continuar encostado aos lugares cimeiros.
O que se assistiu foi um excelente jogo de futsal onde duas das três equipas presentes nos presentearam com um grande espetáculo. Um jogo intenso do inicio ao fim, com a equipa de Pedras Rubras mais uma vez a entrar menos bem no jogo e a conceder espaços à equipa matosinhense que rapidamente se colocou em vantagem numa jogada estudada que isolou o seu ala Gabriel Araújo, depois de um excelente trabalho do seu pivot e de um grande passe na diagonal.
De seguida foi novamente a equipa da casa a ampliar a vantagem aproveitando os quinze minutos menos conseguidos da equipa de Pedras Rubras e que, num lance estudado de canto, permitiu ao seu atleta David fazer o 2-0. Dois golos sem resposta pareciam levar a equipa matosinhense a conquistar os seus primeiros três pontos, no entanto, e tal como lhe é característico, a equipa da Maia não se deixou abater, meteu mãos a obra e não mais perdeu o controlo do jogo. Utilizando o seu guarda redes avançado, pressionou o adversário até ao intervalo, criando uma série de oportunidades, no entanto apenas conseguiu reduzir para 2-1 através de um excelente remate do seu capitão Pedro Rodrigues.
Indo para o intervalo a perder a equipa visitante teve de se motivar e trabalhar para tentar dar a volta ao resultado, enquanto que a equipa da casa precisava apenas de segurar a pequena vantagem que apresentava. E assim foi, uma equipa da casa expectante, recolhida no seu meio campo, entregou o jogo à equipa visitante que se apresentou determinada em inverter esta derrota.
Controlando totalmente o jogo, criando inúmeras oportunidades e servindo-se do jogo ofensivo do seu guarda redes, foi só uma questão de tempo até o 2-2 surgir num grande golo do seu ala Pedro Silva que recebeu um passe do seu fixo e rematou de primeira a mais de dez metros da baliza para um golaço que empatou a partida. No entanto não se notou diferença na equipa visitante que vinha sem duvida com o objetivo de vencer o jogo. Uma expulsão do atleta Gabriel Araújo da equipa da casa colocou os matosinhenses a defender contra cinco durante dois minutos, numa atitude que demonstrou claramente a vontade de vencer do Académico de Pedras Rubras.
Entre várias oportunidades desperdiçadas, a equipa visitante acaba por vencer com mais um golo de Pedro Silva que surge na sequencia da perda de bola do guarda redes do Matosinhos numa das vezes em que a sua equipa procurou jogar com guarda redes avançado, um dos riscos que se corre com esta estratégia.
Até ao final a equipa visitante defendeu o resultado com unhas e dentes, dando obviamente a iniciativa de jogo à equipa de Matosinhos. Uma expulsão do seu guarda redes, por ter procurado perder tempo ao pontapear a bola para longe (já tinha um amarelo alegadamente por palavras, num dos primeiros lances do jogo), levou a que os guerreiros de Pedras Rubras terminassem o jogo apenas com 4 elementos e sem guarda redes, uma vez que apenas tinham apresentado 1 na ficha de jogo. Conseguiram aguentar e ainda tiveram mais algumas oportunidades de alargar a vantagem. Uma excelente vitória para esta equipa que cada vez mais vai surpreendendo todos que acompanham este campeonato. Cola-se assim ao ADCR Caxinas numa excelente segunda posição com os mesmos nove pontos que a formação de Vila do Conde. O Matosinhos FC desce para último classificado com apenas um ponto conquistado em quatro jogos. Deixo-vos com as declarações do treinador do Matosinhos Futsal C. e do treinador adjunto do C. Académico Pedras Rubras, bem como um resumo do excelente jogo que se passou:
 “O jogo entre o Matosinhos Futsal C. e o Clube Académico de Pedras Rubras,  foi mais um excelente jogo de futsal, nem sempre bem jogado, mas sempre muito competitivo e emotivo entre duas boas equipas com bons jogadores que deram o máximo e penso conseguiram dar um espetáculo que foi do agrado do muito publico que   assistiu.
Pelo que se passou nos cinquenta minutos, onde o equilíbrio foi uma constante acho que o resultado mais certo seria empate, mas o Académico foi mais eficaz na finalização e por isso acabou por conseguir a vitória.
A nós só nos resta continuar a treinar nos limites para podermos melhorar. Os meus jogadores estão tristes mas temos qualidade e acredito que vamos atingir os nossos objetivos.”

“Um jogo teoricamente mais fácil para quem olhasse para a classificação, mas mesmo assim nos não baixamos a guarda, entramos com máximo respeito pelo adversário, mantendo o objetivo de lutar pelos três pontos.
Mais um jogo em que entramos em desvantagem sofrendo logo na fase inicial da partida, tentando depois reduzir o mais rápido possível esta desvantagem, algo que não foi possível com o aumentar da diferença da equipa do Matosinhos para dois golos.
No intervalo tivemos que alterar tudo aquilo que tínhamos planeado, e começamos a reduzir a posse de bola e as oportunidades da equipa da casa, algo que nos deu a hipótese de marcar e foi isso que se sucedeu.
Conseguimos empatar o jogo numa fase em que estávamos por cima, e a partir dai fomos à procura da vitoria, porque lutamos sempre pelos três pontos.
Conseguimos virar mais um jogo a nosso favor, e tudo isto graças ao empenho da minha equipa que foram grandes guerreiros e nunca desistiram! Pensar já na semana de treinos e preparar o próximo jogo, que todos são importantes! Cumprimentos a todos, e bons treinos!”
Aqui fica um resumo em vídeo do jogo:

Em Vila Nova de Gaia, assistiu-se a uma excelente partida de futsal, que colocou frente a frente duas excelentes formações que se encontravam no grupo da frente com seis pontos. Uma partida inicialmente equilibrada, mas que o atual campeão, mesmo a jogar fora resolveu e segurou na segunda parte, após um resultado de 1-2 ao intervalo. Um jogo que infelizmente não pude assistir, mas que nos mostra que a equipa gaiense está cá para lutar pelos lugares cimeiros e que tem qualidade e que nos confirma mais uma vez a já conhecida qualidade da equipa de Vila do Conde. Deixo-vos com as declarações do treinador do ADCR Caxinas:
"Este foi um jogo particularmente difícil para nós. Já sabíamos da qualidade do nosso adversário, conheço muito bem esta geração do Gaia uma vez que esta equipa joga junta há vários anos.
O jogo ainda nem sequer tinha começado e tivemos logo a primeira contrariedade com a lesão de um dos nossos atletas.
Tinha treinado limitado no último treino da semana, mas sentia-se melhor no sábado, ainda aqueceu, mas rapidamente percebemos que não dava para jogar.
Unimo-nos ainda mais na procura da vitória e entramos fortes no jogo, realizando uma boa primeira parte. Conseguimos condicionar bem o jogo do Gaia e fomos competentes defensivamente. Tivemos mais ocasiões para marcar ao longo da primeira parte tendo também o Gaia, e é justo dizê-lo, criado algumas situações sobretudo nos últimos cinco minutos, particularmente através de transições.
Foi precisamente num dos últimos lances do primeiro tempo que reduziram a nossa vantagem fixando o resultado ao intervalo em 2-1 a nosso favor.
Apesar desses últimos cinco minutos em que não estivemos tão bem, julgo que o resultado ao intervalo era curto pelo que fizemos e obviamente deixava tudo em aberto para a segunda parte.
Ao intervalo retificamos algumas situações e no segundo tempo entramos mais uma vez muito bem tendo relativamente cedo alargado a vantagem com dois golos praticamente seguidos que "mataram" o jogo.
A partir daí tudo se tornou mais fácil logicamente e conseguimos com essa vantagem no marcador de três golos ir gerindo o jogo, apesar de não termos conseguido marcar mais nenhum golo. 
Penso que a vitória é justa num campo bastante difícil, como disse no início, e contra uma boa equipa. Sem sermos brilhantes fizemos um bom jogo.
Uma última palavra também para o excelente ambiente que encontramos no pavilhão. Para a semana nova batalha desta feita em nossa casa!"
No Domingo de manhã, o Boavista FC recebeu o Póvoa Futsal (melhor defesa do campeonato). Duas equipas em situações bem distintas, o Póvoa Futsal com um excelente arranque de temporada, procurava manter-se entre os lideres e conquistar mais três pontos, enquanto que o Boavista com um inicio menos positivo (Uma vitória, um empate e uma derrota), procurava conquistar os três pontos e regressar aos lugares cimeiros.
Na realidade assistimos a um jogo extremamente equilibrado, onde o Boavista começou a vencer, conseguindo com sucesso ultrapassar a excelente defesa da equipa poveira, mas foi descendo a qualidade do seu jogo, permitindo na segunda parte que a equipa visitante, com uma excelente postura e determinação igualasse o resultado a duas bolas. Um resultado que acaba por ser justo considerando o equilíbrio que houve ao longo de todo o jogo e as várias situações (2/3 a meu ver) de mão fora da área do guarda redes da equipa da casa que deviam ter sido sancionadas.
Assim, o Boavista encosta-se à Cohaemato com cinco pontos e o Póvoa Futsal é ultrapassado pelo C. Académico de Pedras Rubras ficando na tercira posição com sete pontos e continuando como a melhor defesa do campeonato com apenas três golos sofridos em quatro jogos jogos.
Ao fim da quarta jornada assim se encontra a tabela classificativa:
Na quinta jornada iremos ter certamente mais quatro excelentes desafios.
Sábado à tarde, em Leça da Palmeira, a A. Académica de Leça, motivada pelo seu excelente resultado do fim-de-semana passado, recebe o Boavista FC. Ambas as equipas querem certamente ganhar e a equipa da casa não vai facilitar a tarefa ao visitante, procurando continua a recente boa forma. No entanto, o Boavista FC quer regressar ao grupo da frente e certamente que dará tudo por tudo para sair de Leça com os três pontos.
Domingo, o ultimo classificado Matosinhos Futsal C. tem uma difícil deslocação à Póvoa. A jogar contra a melhor defesa do campeonato, será uma difícil batalha para tentar alcançar a primeira vitória do campeonato. A equipa da casa procurará sem dúvida recuperar os dois pontos que a separam dos primeiros lugares. Será certamente um grande espetáculo.
Em Crestins o C. Académico de Pedras Rubras, atual segundo classificado, irá procurar usar o fator casa (ainda que em pavilhão “emprestado”) para continuar a sua excelente fase e se manter colado ao primeiro lugar ou eventualmente até ultrapassar o Caxinas. Recebe uma equipa de Gaia que vem de uma derrota caseira, mas que tem demonstrado qualidade no seu jogo e será por isso certamente mais um jogo equilibrado e emocionante. Veremos quem levará a melhor!
Por fim, o atual líder recebe o GDC Cohaemato que com quatro pontos a menos procurará certamente reduzir esta diferença e infligir a segunda derrota da época ao Caxinas. A equipa da casa quer continuar líder e de certeza que não facilitará a vida aos meninos de Leça.
Serão mais quatro excelentes partidas que prometem mais uma semana de excelente futsal, emoções à flor da pele e resultados surpreendentes.
Apareçam nos pavilhões para apoiar as vossas equipas ou simplesmente para assistir a futsal de qualidade pois estes jovens atletas merecem!!
Um grande obrigado a todos os treinadores que contribuíram para este comentário, desejo uma boa semana de treinos a todos e uma excelente quinta jornada.
Peço a colaboração de todos os treinadores e diretores que enviem os contactos e comentários a jogos para começar a enriquecer melhor estas análises.
Contactos: Pedro Morais
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.