Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Jornada de goleadas dá primeiro despromovido, Miramar Império
Quando se previa que nas últimas cinco jornadas, o equilíbrio fosse a nota dominante, eis que logo na primeira das cinco que faltam disputar, realizada este fim-de-semana, dos sete jogos que compuseram a jornada, cinco deles terminaram em goleadas, um com uma vitória forasteira pela margem mínima e o outro com um empate.

Empate esse que aconteceu na passada sexta-feira na abertura da jornada vinte e dois, onde o F.C. Unidos Pinheirense, não conseguiu ultrapassar o seu adversário D.O. Fonte da Moura, conseguindo ou permitindo um empate a quatro bolas, depois de o ter goleado na primeira volta. Deste resultado, resulta o mais que provável afastamento em definitivo pelo regresso ao nacional, já que nos últimos cinco jogos registou três empates, dois deles em sua casa e nas quatro partidas que restam para terminar a prova tem de receber o J.D. Gaia (2º) e visitar o líder C.D. Aves.
Por outro lado o D.O. Fonte da Moura consegue um ponto importantíssimo na luta pela manutenção, aumentando para dois pontos a vantagem sobre a linha de água, em véspera de iniciar um ciclo final infernal, onde dos quatro jogos que vai ter de realizar, apenas um é em casa contra um adversário direto na luta pela manutenção, à semelhança dos outros dois fora de portas, sendo que o outro fora é no segundo classificado, J.D. Gaia.
O outro jogo de sexta-feira trouxe-nos a primeira goleada da jornada, o F.C. Paços de Ferreira na deslocação a Valbom para defrontar o Gramidense Infante F.C. impôs-se por seis bolas sem resposta, garantindo (só agora) matematicamente a manutenção e deixando o seu opositor, um pouco mais “enterrado”, pois ficou a mais um ponto de distancia da linha de água, e já são sete pontos, quando nos quatro jogos que tem para cumprir, ainda tem o dérbi com o F.C. Unidos Pinheirense e a receção ao D.O. Fonte da Moura.
No sábado mais duas goleadas, ao final da tarde o imparável Rio Ave F.C. foi a Matosinhos bater a turma local sem apelo nem agravo por 5-1, mantendo o seu sonho e colocando o seu adversário um pouco mais apertado na luta pela manutenção.
Isto face à calendarização que falta cumprir, não parece mais que “aperto”, pois esta luta tem muita “gente” e com jogos muito mais difíceis do que aparentemente os dos jovens de Matosinhos, no entanto convém lembrar, que nos últimos sete jogos apenas venceram uma vez (G.D.C. Cohaemato) e empataram outra (Gramidense Infante F.C.), tem a palavra a equipa do Matosinhos Futsal…
A segunda goleada, esta sim mais do que previsível, aconteceu na noite de sábado na Vila das Aves, onde a equipa local, voltou aos golos, e aplicou “chapa” sete ao A.R. Freixieiro, deixando o seu adversário, ainda um ponto acima da linha de água para a reta final, onde dos quatro jogos que tem para disputar, num recebe o Rio Ave F.C. e nos outros três tem autenticas finais com os adversários diretos, a saber, Matosinhos Futsal, Póvoa Futsal e G.D.C. Cohaemato.
No domingo a G.D.C. Cohaemato foi vencer, seis jornadas depois da sua última vitória, o Póvoa Futsal no reduto deste pela margem mínima 3-2, ficando a dois pontos da linha de água e apenas um ponto do seu adversário, que na prática serão dois, pois não tem vantagem no confronto direto, isto se for a dois, porque se forem três ou mais equipas a terminarem com os mesmos pontos, tudo mudará e isso pode muito provavelmente a vir a acontecer.
Ainda no domingo, o Miramar Império ao ser copiosamente derrotado em Leça da Palmeira pela Académica local, assinou a sua sentença, há muito anunciada, o regresso à segunda divisão, e dando uma “lufada de ar fresco” à equipa da casa que fica a três pontos da linha de água quando, dos quatro jogos que tem para realizar, tem de receber o J.D. Gaia e visitar o D.O. Fonte da Moura.
No fecho da jornada na segunda-feira o J.D. Gaia, conhecedor dos resultados dos seus perseguidores, não se deixou surpreender ao contrário do que aconteceu na época passada, e goleou o A.M. Granja por claros e inequívocos 6-1.
Para a semana temos jornada dupla a vigésima terceira jornada a realizar no fim-de-semana e a vigésima quarta jornada na terça-feira de Carnaval, daí que destacamos:
Na 23ª Jornada:
* A.R. Freixieiro (10º) Vs (8º) Matosinhos Futsal C.:

* F.C. Unidos Pinheirense (4º) Vs (2º) J.D.Gaia:
* G.D.C. Cohaemato (12º) Vs (9º) D.O. Fonte da Moura:
Na 24ª Jornada:
* Póvoa Futsal (11º) Vs (10º) A.R. Freixieiro:

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.