Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

F.C. Unidos Pinheirense é o grande vencedor da jornada
Realizou-se no passado sábado a décima quinta jornada do campeonato, que teve apenas um encontro antecipado para sexta- feira um de dezembro, onde o Gramidense Infante F.C. na receção à Académica de Leça não conseguiu repetir o resultado positivo da primeira volta, perdendo por oito bolas a três e atrasando-se significativamente na árdua luta pela manutenção.

Voltando aos jogos de sábado, o jogo cabeça de cartaz opunha primeiro contra segundo, com a curiosidade do líder C.D. Aves, permanecer 100% vitorioso na condição de visitado e o segundo classificado J.D. Gaia, se encontrar na mesmíssima condição (100% vitorioso) na situação de visitante, o que ainda despertava mais o interesse pelo score final, que viria a resultar num empate a duas bolas, e do mal, o menos, serve o C.D. Aves, que mantem a distancia pontual de quatro pontos para o seu opositor, mas não serve de todo ao J.D. Gaia, que mesmo somando um ponto vê o F.C. Unidos Pinheirense a se aproximar perigosamente dos lugares que dão acesso ao tão desejado apuramento para discutir a subida ao nacional.
Este F.C. Unidos Pinheirense, que como anunciamos é o grande vencedor da jornada, após ter derrotado na deslocação à Póvoa a equipa local por 4-2, usufruiu do empate do J.D. Gaia na visita à Vila das Aves e agora está a apenas um ponto de desvantagem, e como se não bastasse, beneficiou da surpresa da jornada (atendendo aos números) da vitória do Rio Ave F.C. sobre o A.M. Granja, alargando para cinco pontos a vantagem sobre o quarto classificado, ou seja "venceu" em três recintos diferentes.
Os jovens do vila-condenses foram os autores da proeza da jornada ao despachar com oito golos, tendo apenas consentido um golo, a até então melhor defesa do campeonato, marcando num só jogo um terço dos golos sofridos pelo seu adversário A.M. Granja nas outras catorze jornadas da competição.
Já que falamos em goleadas, destacamos também a enxurrada de golos na Cohaemato, onde a equipa visitada foi surpreendida pelo F.C. Paços de Ferreira, sendo derrotada sem apelo nem agravo, por claros 12- 5 (17 golos, novo recorde num só jogo) “vingando-se” assim da derrota obtida na primeira volta.
Dos catorze lugares que definem a tabela classificativa, esta semana “parou a dança” e só houve mexida em três deles, que foram oitavo, nono e décimo, isto é os três primeiros acima da linha de água, demonstrando a luta dura e ponto a ponto que está criada e vai continuar pela manutenção, e neste particular o perdedor da jornada é o D.O. Fonte da Moura, que ao ser derrotado pela margem mínima na deslocação ao Matosinhos Futsal, desce dois lugares, ocupando agora o décimo lugar.
Para a semana esta luta pela manutenção vai estar ao rubro, senão vejamos, a G.D.C. Cohaemato (12º) com catorze pontos visita o Gramidense Infante F.C. (13º) com onze pontos, o D.O. Fonte da Moura (10º) com dezasseis pontos recebe o Póvoa Futsal (11º) com quinze pontos, isto quando o nono Académica de Leça com dezoito pontos recebe o líder C.D. Aves, e o oitavo A.R. Freixieiro com dezanove pontos visita o quarto A.M. Granja, isto promete…

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.