Joaquim Neno tem o compromisso da manutenção
Apesar de ter encontrado o clube na última posição com apenas dois pontos após onze jornadas, nas duas jornadas que já orientou a equipa gaiense ainda não perdeu, conquistando quatro pontos, vitória caseira sobre a USC Paredes por 2-1 e um empate a uma bola na última jornada em Lousada diante o CCD Ordem, estando neste momento a três pontos do DO Fonte Moura e a quatro do Boavista FC quando faltam disputar cinco jornadas para terminar a primeira fase.

O treinador de trinta e quatro anos com o Nível III e já exerce funções desde 1999, jogou no tempo do Futebol de Salão no CCD Veiros de Estarreja do distrito de Aveiro, posteriormente jogou no CD Estarreja e regressa a Veiros já como treinador, trabalhando toda a formação até aos juniores.
Posteriormente abraça um projecto de raiz, onde foi um dos fundadores da AMUPB (Associação de Moradores da Urbanização de Póvoa de Baixo) também em Estarreja, onde foi o director para o futsal e trabalhou no modelo interno de base até aos seniores femininos, onde assumiu o comando técnico da equipa durante doze anos, desde a sua fundação até 2015.
Na época passada foi convidado para treinar o CCR Válega Futsal que disputa a Liga Census, uma Liga Amadora do distrito de Aveiro e que passou a acumular funções após do convite efectuado pelo presidente da colectividade gaiense Pedro Almeida.
Na sua primeira experiencia fora do seu “meio”, Joaquim Neno considera ser este, “o maior desafio da minha carreira desportiva até agora” e propôs a ele próprio um objectivo que é, “a manutenção do clube no campeonato nacional da 2ª Divisão”.

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.