Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

ACR Lordelo sem perder há sete jornadas
O ACR Lordelo, invencível há sete jornadas, recebeu o AR Freixieiro (a atravessar uma fase menos boa) e venceu por 4-1.

Os visitados marcaram dois golos ao findar a primeira pare, chegando assim ao intervalo a vencer por 2-0. Depois 3-0 e 3-1. Os visitantes a partir daqui arriscaram jogar 5x4 mas sofreram o 4-1 já perto do apito final. Vitória justa.

O GDR Retorta recebeu o líder ADCR Caxinas e perdeu por 1-4. Os visitados ainda se adiantaram no marcador mas os visitanes chegaram ao intervalo já a vencer por 1-3. Na segunda parte, onde imperou o equilibrio, com o Retorta priviligiando a posse e o Caxinas a jogar mais em transições, o 1-4 surgiu já no último minuto da partida. Num jogo em que ficou patenta a grande aitude competitiva do Caxinas, venceu a melhor equipa.

O lanterna vermelha USC Paredes recebeu o GD Viso, alcançando a sua primeira viória, por 5-3. Os visitantes, que se apresentaram para este jogo extremamente limitados, já que para além dos guarda-redes apenas tinham três seniores e três juniores, ainda se adiantaram no marcador mas ao intervalo o Paredes já vencia por 3-1. De referir que a segundos do fim da primeira parte Fernandes desperdiçou uma grande penalidade a afavor do Viso. Marcha do marcador da segunda parte: 3-2, 4-2, 4-3 e 5-3. Vitória que se aceita.

O ADC S. Mateus recebeu o Arsenal C. Parada e venceu por 4-3. Foi um jogo de reviravoltas no marcador. O S. Mateus chegou ao 2-0 (2 golos de Rui) mas o Arsenal ao intervalo vencia já por 2-3. Na segunda parte o S. Mateus subiu linhas e chegou ao 3-3 (hattrick de Rui) e sensivelmente a meia da segunda parte ao 4-3. O Arsenal ainda jogou no 5x4 mas o resultado não se alterou. De referir que a poucos segundos do fim do encontro Slimani desperdiçou um livre de dez metros. Resultado que se aceita.

O CD Aves recebeu o CA Mogadouro e venceu por concludentes 10-2. Foi talvez a melhor exibição do Aves nesta época. Com muita movimentação e muita pressão sobre o portador da bola os visitados chegaram ao inervalo a vencer por 4-1. Já na segunda parte chegaram, com naturalidade, aos 7-1. Depois 7-2 e 10-2. De referir que este jogo teve três expulsões (duas delas por vermelho diretos, ao findar a primeira parte: Rasteiro do Aves e Vitor Hugo do Mogadouro), e um outro atleta do Mogadouro na segunda parte). Vitória sem discussão da melhor equipa na quadra.