Póvoa Futsal C. chega à liderança
Na primeira jornada do ano 2017, o CD Aves/VIA que liderava a Série desde a segunda jornada, perdeu essa liderança ao empatar a três golos em Valpaços e estes mantiveram a sétima posição em igualdade pontual com o Macedense que também empatou, mas a dois golos diante o ADC Gualtar/Meltino.

Já os bracarenses continuam a série menos boa, pois somam o quinto jogo sem conquistar os três pontos e com isto foram alcançados na classificação pelos também bracarenses ADC Nogueiró e Tenões que venceram por duas bolas a uma, o CA Mogadouro e estes vêm o seu adversário de jogo a distanciarem-se na classificação pois o fosso é agora de quatro pontos e vêm a aproximação do Valpaços e Macedense que estão apenas a um ponto.
Quem cimentou a terceira posição foram os famalicenses do ADC S. Mateus que ao vencerem por seis a três na receção ao FC Piratas de Creixomil penúltimo classificado, distanciou-se do Gualtar cavando um fosso agora de quatro pontos mas ainda longe da segunda posição, estando a nove pontos do CD Aves/VIA.
Quanto ao Póvoa na receção ao último classificado, a Casa SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar, golearam não só alcançaram a goleada da série como de todas as séries do Campeonato Nacional da 2ª Divisão Nacional e com esta vitória robusta chegaram à liderança após sete jornadas como vice-líderes.
OS JOGOS:
ADC S. Mateus Vs FC Piratas Creixomil: 6 -3 / A equipa visitante aos cinco minutos venciam por 0-2, com golos de Vítor Araújo e Pedro Moreira na própria baliza mas a cinco minutos do final da primeira parte a equipa visitada chegava à igualdade em apenas um minuto, Rui Rego reduz e João Fernandes “Sueco” empata naquele que foi o seu primeiro golo oficial após o regresso ao clube oriundo do CD Aves. O intervalo chegou com o empate e na segunda parte aos dois minutos Rui Rego bisa na partida colocando pela primeira vez o ADC S. Mateus em vantagem e mais cinco minutos volvidos ampliam a vantagem por Pedro Moreira que se redimiu assim do autogolo na primeira parte, o FC Piratas de Creixomil ainda reduz por Rui Fernandes a quatro minutos dos quarenta mas André Pessoa decidiu aparecer no jogo com golos e faz dois nos últimos dois minutos da partida.
Valpaços Futsal C. Vs CD Aves/VIA: 3-3 / O CD Aves/Via apesar dos sustos iniciais entrou muito bem no jogo e marcou logo no terceiro minuto por intermédio de Ismael e Mário Ferreira volvidos nove minutos colocava os avenses com dois golos de vantagem, mas a quatro do intervalo da marca dos dez metros Filipe Branca reduz para 1-2 e o intervalo chega com este resultado. Na segunda parte uma perda de bola a intermediária adversário e numa transição ofensiva rápida Domingos Pereira empata aos vinte e sete minutos e um minuto depois a jogarem em superioridade numérica Bruno Ferreira coloca pela primeira vez o Valpaços em vantagem, mas foi sol de pouca dura, já que Hugo Oliveira técnico avense aposta no guarda-redes avançado e chega ao empate por Alexandro Ribeiro, resultado esse que mais não se alterou com o Aves a manter o guarda-redes avançado em busca da vitória. Ao Canal N.Tv de Mirandela Hugo Oliveira considerou o resultado justo apesar de não ser este o resultado que contavam levar para Vila das Aves.
Apesar de ter falado para a TV mirandelense, o técnico avense Hugo Oliveira falou para o “futsal-porto-distrital.com” e sobre o encontro começa a falar das dificuldades que previam ter, “antevíamos um jogo difícil, uma vez que o Valpaços é sempre uma equipa muito competitiva e com muitos bons executantes”, e sobre o jogo começou por dizer, “acabamos por não entrar bem no jogo, a equipa demonstrou pouca dinâmica ofensiva contra uma defesa muito recuada. O facto de a equipa ter atingido as cinco faltas muito cedo, criou mais instabilidade no grupo e a partir daí o jogo mudou radicalmente e a equipa do Aves nunca mais se encontrou e permitiu que o Valpaços desse a volta ao resultado, para 3-2” e explica porque não conseguiram a reviravolta, “Já na parte final do jogo optamos por jogar com o guarda-redes avançado e apesar das inúmeras ocasiões criadas, apenas conseguimos concretizar uma única vez”. Relativamente à questão se contava perder pontos nesta altura Hugo Oliveira respondeu, “ Posso-lhe dizer que a filisofia do Aves passa por ganhar todos os jogos nesta fase de apuramento e é para isso que temos trabalhado todas as semanas. No entanto, o empate em Valpaços e a consequente perda de pontos, em nada vai alterar os nossos objectivos” e defende que não vão sentir mais pressão para o resto do campeonato quando instigado sobre se iriam sentir mais pressão ao perder a primeira posição, “pois como lhe disse anteriormente queremos ganhar todos os jogos e essa sim, é a nossa filosofia e a nossa pressão”.
Resumo do jogo da TV N.Mirandela

GD Macedense Vs ADC Gualtar/Meltino: 2-2 / Um jogo que ADC Gualtar/Meltino chegou ao intervalo a vencer por 2-0 com golos de Mário Barbosa e Zé Monteiro, mas na segunda parte permitiram a reacção dos visitados com estes a chagarem ao empate com golos de Ivo Mota e Ricardo Simão este último a sete minutos dos quarenta.
ADC Nogueiró e Tenões Vs GD Mogadouro: 2-1 / A equipa da casa não pode contar com quatro atletas devido a lesão, apresentando na formação três juniores e foi um deles que deu a vitória à equipa bracarense. O Mogadouro colocou-se em vantagem mas antes do intervalo a equipa da casa já conseguira o empate através de Hélder Barroso. Na segunda parte já dentro dos últimos dez minutos o júnior Diogo Dias dá a vantagem à equipa da casa e os três pontos que os colocaram encostados ao ADC Gualtar/Meltino, seu próximo adversário.

Póvoa Futsal C. Vs Casa SL Benfica Vila Pouca Aguiar: 9-1 / Uma vitória tranquila dos poveiros que os levaram à liderança da Série após o empate do anterior líder CD Aves/VIA. Ao intervalo já venciam por três golos sem resposta e na segunda parte avançaram para uma goleada com os visitantes a marcarem o tento de honra quando já perdiam por cinco. João Carvalho abriu o marcador e fechou a sua conta pessoal, Pirata foi o autor de dois golos, o segundo e o oitavo, o sub-20 Jorginho fechou as contas da primeira parte. Na segunda parte antes o Vila Boa fazer o golo por intermédio de Nuno Fonseca já Serginho tinha feito o gosto ao pé por duas vezes, isto tudo em apenas três minutos, o sexto do Póvoa foi de autoria de outro Sub-20, Jonny, Kaka fez o sétimo e Paulinho Rocha fechou a contagem.
Sobre este encontro, Miguel Marinho que faz a dupla técnica com Joaquim Augusto, começou por falar sobre a motivação da equipa, “Entramos no encontro sabendo à partida que alcançaríamos a liderança em caso de vitória e só por si era um tónico de motivação extra e não podia haver melhor”, sobre o jogo começou por dizer que, “encontramos nos primeiros minutos uma equipa visitante muito defensiva e que foi atrasando a abertura do marcador, no entanto a diferença de três a zero ao intervalo era ilustrativa do que se passava em campo e também premiava a forma e o querer da equipa adversária perante tantas iniciativas ofensivas da nossa parte”, já sobre a segunda parte o treinador considera que estiveram a, “um nível e de qualidade de jogo muito bom que fez o resultado disparar para os 9-1”, no entanto Miguel Marinho ressalva a aposta da formação na equipa sénior, “foram chamados três juniores e que contribuíram de forma positiva para o desfecho do encontro ao fazerem o gosto ao pé, o terceiro golo foi marcado por Jorginho e o sexto por Jonny, ambos ainda sub-20”.
Perguntamos ao treinador se contavam chegar à liderança já esta jornada e respondeu desta forma, “O nosso objectivo e nunca o escondemos é passar à fase seguinte. Nós trabalhamos durante a semana de forma séria para alcançar o topo e conseguimos, e também não escondemos que é mais confortável iniciar o ano em primeiro”, e sobre a pressão que a primeira posição acarreta, respondeu, “O estar em primeiro lugar, logicamente trás uma responsabilidade acrescida, poi agora é preciso manter” e termina com, “Somos uma equipa de princípios bem definidos e com jogadores que dão tudo e assim é mais fácil trabalhar e para nós (equipa técnica) é um orgulho poder ter Homens/Jogadores assim”.
PRÓXIMA JORNADA:
A décima terceira jornada é jogada maioritariamente no próximo sábado (14/01/2017) com apenas um jogo a se realizar no domingo.
O líder Póvoa Futsal deslocasse a Creixomil para defrontar os Piratas locais e deverão trazer os três pontos e a manutenção da liderança.
No jogo grande da jornada o CD Aves/Meltino recebe os famalicenses do ADC S. Mateus, será um jogo difícil para os avenses mas não deverão deixar fugir os três pontos e selar quase definitivamente no mínimo a segunda posição.
Noutro jogo grande da jornada o ADC Gualtar/Meltino recebe os “vizinhos” do ADC Nogueiró e Tenões, um dérbi bracarense e dividem a quarta posição e por certo dividirão também os pontos, pois tem sido o resultado mais habitual em casa para a equipa de José Vasconcelos.
Os outros dois encontros, CA Mogadouro Vs Valpaços Futsal C. e Casa SL Benfica Vila Pouca Aguiar Vs GD Macedense, são encontros entre quatro das cinco equipas que ocupam a segunda metade da tabela classificativa e será jogos para qualquer uma das equipas tentar conquistar os três pontos, pontos esses que serão importantes para a fase de Manutenção/Descida já que não têm pretensões a mais nesta altura.