Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

AF Porto vence TIA Sub-16 pelo goal-average sobre mais três Seleções
A AF Porto alcançou a melhor posição do torneio ao golear nesta última jornada a AF Viseu por catorze golos sem resposta.

Teve-se de esperar até ao último jogo para se encontrar a selecção que obteve melhor posição entre as vinte e uma Seleções Distritais e Regionais, quando AF Porto iniciou o jogo com a AF Viseu, sabia que para ser a melhor entre as melhores não bastava apenas vencer teria de no mínimo vencer por treze golos de diferença, já que ao início da tarde, a Seleção da AF Braga vencera a sua congénere da AF Portalegre por 5-0 e colocou uma diferença de doze golos de vantagem sobre a AF Porto.
Parecia ser uma diferença quase imbatível, já que a AF Viseu apesar de não ter vencido nenhum jogo o máximo de golos que sofrera num jogo fora nove golos mas respondeu com seis diante a AF Algarve e a derrota mais dilatada foi por seis golos com a AF Leiria por 2-8, leiria que tinha travado a AF Lisboa e diante Setúbal que fora uma das quatro Seleções que saiu deste torneio invicta perdera por apenas 5-0.
Contudo os jovens portuenses foram para o jogo convictos da possibilidade de serem os melhores e ao intervalo venciam apenas por cinco golos, parecia curto mas uma segunda parte de acreditar fizeram nove golos e ultrapassaram a vantagem que necessitavam para serem considerados os melhores.
Quatro atletas marcaram três golos cada, Lúcio Júnior que se estreou a marcar, Gonçalo Alves que só não marcou no terceiro jogo e os dois goleadores que marcaram em todos os jogos da competição, Renato Silva e Carlos Monteiro, os restantes dois golos foram marcados Tiago Silva e Tiago Reis que também já tinham marcado na segunda jornada.
Para além das quatro vitórias em outros tantos jogos e de conseguirem a melhor diferença de golos entre os marcados e sofridos, foram o melhor ataque com trinta e oito golos e a segunda melhor defesa com cinco golos sofrido a par da AF Braga e AF Setúbal, já que a melhor foi a AF Aveiro com apenas três golos sofridos e foram estas quatro Seleções que não perderam qualquer jogo, já que nesta última jornada a AF Santarém empatou diante a AF Castelo Branco a duas bolas e perdeu a oportunidade de ter sido uma das equipas só com vitórias.
Destacamos ainda a Seleção da AF Horta de Paulo Barroso que foi a melhor Seleção das três Seleções do arquipélago dos Açores ficando na oitava posição fruto de duas vitórias e dois empates e foi em termos absolutos o quarto melhor ataque com trinta golos e foi a sétima melhor defesa a par da AF Lisboa com apenas nove golos sofridos e na diferença entre os golos marcado e sofridos foi a quarta melhor selecção a par da AF Leiria com uma diferença de vinte e um golos, tendo conseguido a segunda vitória mais expressiva diante a AF Beja onde venceram por 18-0 e o seu atleta Valentino Silva foi o rei dos marcadores com treze golos, mais quatro que os portuenses Renato Silva e Carlos Monteiro com nove golos cada.
No final do Torneio os números são estes:
Só vitórias: 4

* AF PORTO;
* AF Braga;
* AF Setúbal;
* AF Aveiro;
Só derrotas: 5
* AF Viana do Castelo;
* AF Portalegre;
* AF Viseu;
* AF Guarda;
* AF Beja.
Os melhores ataques:
1º: AF PORTO – 38 golos / Média 9,5

2º: AF Braga – 36 golos / Média 9
3º: AF Lisboa – 31 golos / Média 7,75
4º: AF Horta – 30 golos / Média 7,5
As melhores defesas:
1º: AF Aveiro – 3 golo / Média 0,75

2º: AF PORTO – 5 golos / Média 1,25
2º: AF Braga – 5 golos / Média 1,25
2º: AF Setúbal – 5 golos / Média 1,25
Os piores ataques:
1º: AF Beja – 1 golos / Média 0,25

2º: AF Portalegre – 2 golos / Média 0,5
2º: AF Guarda – 4 golos / Média 1,33
As piores defesas:
AF Beja – 60 golos / Média 15

2º: AF Guarda – 32 Golos / Média 10,66
3º: AF Viseu – 36 golos / Média 9
Números do Torneio:
Jornadas: 4

Jogos: 40
Golos: 349
Média de golos por jornada: 87,25
Média de golos por jogo: 8,725
Total de Vitórias: 38 – 95%
Total de Empates: 2 – 5%
Vitórias por diferença de 1 golo:
* 2 – 5%

Vitórias por diferença de 2 golos:
* 7 – 17,5%

Vitórias por diferença de 3 golos:
* 6 – 15%

Vitórias por diferença de 4 golos:
* 4 – 10%

Vitórias por diferença de 5 golos:
* 6 – 15%

Vitórias por diferença de 6 golos:
* 2 – 5%

Vitórias por diferença de 7 golos:
* 3 – 7,5%

Vitórias por diferença de 9 golos:
* 1 – 2,5%

Vitórias por diferença de 10 golos:
* 2 – 5%

Vitórias por diferença de 11 golos:
* 1 – 2,5%

Vitórias por diferença de 14 golos:
* 2 – 5%

Vitórias por diferença de 18 golos: 
* 1 – 2,5%

Vitórias por diferença de 20 golos:
* 1 – 2,5%

Maior Vitória: AF Braga Vs AF Beja: 20-0
MELHORES MARCADORES:
1º: Valentino Silva – AF Horta – 13 

2º: Renato Silva – AF Porto – 9 
2º: Carlos Monteiro – AF Porto – 9 
4º: Sérgio Ribeiro – AF Braga – 8 
4º: Bruno Fernandes – AF Braga – 8
6º: Hugo Freitas – AF Lisboa – 7 
6º: Eduardo Oliveira – AF Bragança – 7 
6º: André Cruz – AF Lisboa – 7
9º: Ricardo Vieira – AF Braga – 6
9º: Luís Soares – AF Angra Heroísmo – 6
9º: Gonçalo Alves – AF Porto – 6 
..º: Tiago Silva – AF Porto – 5 
..º: Lúcio Júnior – AF Porto – 3 
..º: Gonçalo Mota – AF Porto – 2 
..º: Tiago Reis – AF Porto – 2 
..º: Rodrigo Silva – AF Porto – 1

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.