Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Quem é a equipa mais jovem, quem é o atleta mais jovem, quem é a equipa mais portuguesa
A AD Modicus Glassdrive é a única equipa filiada na AF Porto presente na competição e é uma presença habitual nestas fase finais, contando com cinco presenças desde que passou a formato de final concentrada (seis edições) as mesmas que Sporting CP e SL Benfica.

O melhor que os gaienses conseguiram nestas suas presenças nestas fases concentradas, foi por duas vezes atingir as meias-finais nas épocas 2013/14 (final 4) e 2014/15 (Final 8), quanto ao SL Benfica nas quatro vezes que chegou no formato de finais concentradas foi sempre à final tendo vencido em 2014/15 e 2016/17, já o Sporting ficou-se por duas vezes pelas meias-finais e nas duas vezes que chegou à final venceu-as, 2012/13 e 2015/16.
A outra equipa que já venceu neste formato de competição foi a AD Modicus Sandim e só por duas vezes a disputou, venceu em 2012/13 e na época seguinte foi finalista vencido.
A equipa que vai apresentar o plantel mais jovem é a AD Fundão com uma média de 24,33 anos, seguindo-se o SC Braga/AAUM com média de 25 anos e a fechar este pódio duas equipas com uma média de idade de 26,07 anos, GD Fabril/Auto Kuatros e SC Farense.
A equipa que o clube gaiense vai apresentar é a segunda equipa das oito com a maior média de idades (27,53), mais avançada só mesmo o Sporting CP com uma média de idades superior aos trinta e um anos (31,29).
A AD Modicus Sandim, apesar de a média ser superior a vinte e sete anos, é um dos três clubes que apresenta quatro Sub-20, conjuntamente com SC Braga/AAUM e AD Fundão, melhor do que estas apenas o GD Fabril-Auto Kuatros com cinco atletas sub-20.
O atleta mais jovem nesta edição é o ala Rafa do GD Fabril/Auto Kuatros com apenas dezassete anos completando os dezoito apenas em novembro do corrente ano.
Com dezoito anos de idade temos três atletas, dois são guarda-redes, Trapa da AD Modicus Glassdrive e Zé do mesmo clube do Rafa, e a finalizar este trio, o ala/pivô do CCRD Burinhosa, Tiago.
Ainda com idade júnior com dezanove anos temos doze atletas dois deles de nacionalidade brasileira, Peléh da AD Fundão e Jacaré do SL Benfica. Nesta idade a AD Modicus Glassdrive apresenta dois atletas os alas Benny e Vítor.
Com vinte anos de idade que ainda podem jogar nos dois escalões existem sete atletas, entre os quais o Fixo/Ala Paulinho da AD Modicus Glassdrive.
Ou seja a percentagem dos atletas até aos vinte anos é de 18,25%, já o período de idade ente os 21 e os 25 anos de idade, são 31 atletas totalizando uma percentagem de 25,00%, entre os 26 e os 30 anos são 33 atletas (26,61%), entre os 31 e os 35 anos, são também 33 atletas (26,61%) e acima dos trinta e seis, são quatro atletas (3,23%), ou seja uma repartição de idades quase uniforme embora os atletas acima dos vinte e cinco anos sejam superiores aos em relação aos mais novos, para atletas acima dos vinte e cinco anos são 56,45% e para atletas abaixo dos vinte e cinco são 43,55%.
A única equipa que não apresenta atletas Sub-20 é o Sporting CP e é a equipa que apresenta uma percentagem maior de atletas entre os 31 e os 35 anos, ao todo são treze atletas que totaliza 76,47% da equipa.
A equipa que apresenta dois dos quatro atletas veteranos presentes nesta competição, é a AD Modicus Glassdrive com o seu capitão Gabri (37) e Ricardo Ferreira (40) que para além de funções de atleta faz parte da equipa técnica orientada por António Fonseca, os outros dois atletas acima dos trinta e cinco anos, são, o capitão da AD Fundão, Eskerda (38) e o pivô Nino (43) do CCRD Burinhosa que é o mais velho dos atletas nos planteis apresentados pelas oito equipas.
Outro factor que chama a atenção existem duas equipas sem estrangeiros e uma delas é AD Modicus Glassdrive que mesmo para o nosso futsal é coisa rara, a outra equipa só com portugueses é o SC Farense.

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.